Cobertura da Fazenda do Registro Velho é concluída
Obra de cobertura do monumento histórico foi finalizada e deverá conter a degradação do casarão histórico até sua reconstrução

Obra de cobertura do monumento histórico foi finalizada e deverá conter a degradação do casarão histórico até sua reconstrução
Nova cobertura vai proteger o que resta da Fazenda do Registro Velho

Na sexta-feira, dia 15, foi concluída a montagem da tenda que cobrirá as ruínas da Fazenda do Registro Velho. A cobertura do local, que demandou recursos de mais de R$ 95 mil do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan, foi feita pela empresa Auratec, em estrutura de alumínio e lona, e protegerá uma área de 400m².

Considerada a mais antiga do Caminho Novo da Estrada Real, a Fazenda do Registro Velho encontra-se em avançado estado de degradação. A obra foi realizada para evitar maiores danos, provocados pela ação da chuva. Sérgio Ayres, Presidente do Conselho do Patrimônio Histórico de Barbacena, destacou que a cobertura é provisória e que isso pode ser visto como positivo, porque faz com que o processo de restauração da Fazenda possa ser viabilizado. Por ainda

Entenda o caso

No ano passado, em ação do Ministério Público do estado, a Justiça de Barbacena determinou, por meio de liminar, que a prefeitura fizesse o escoramento do imóvel e pusesse lonas sobre ele. Isso porque, os serviços feitos pela administração municipal, em 2010, para proteger o Registro Velho das chuvas, não foram adequados. Contudo, diante da impossibilidade de ação da administração municipal da época, o Iphan optou por intervir.

A Fazenda do Registro Velho fica perto do limite com o distrito de Sá Fortes, município de Antônio Carlos, e é tombada, desde 2002, pelo Iphan e desde 1993 pelo município. Segundo os historiadores, o Registro Velho, foi cenário de fatos históricos envolvendo a Inconfidência Mineira, a Independência e Revolução Liberal de 1842. 


Busca de Notícias