Prefeitura lança programa Escola Legal
Em parceria com a Unipac, município quer melhorar a qualidade do ensino e aumentar a permanência do aluno no ambiente escolar.

Em parceria com a Unipac, município quer melhorar a qualidade do ensino e aumentar a permanência do aluno no ambiente escolar.
Em entrevista, Prefeito explica diretrizes do Programa

O Prefeito Toninho Andrada assinou, nesta quinta-feira, dia 21, o Decreto nº7384/2013, que cria o Programa Educacional Escola Legal – PEEL na rede municipal de ensino. O PEEL será desenvolvido em parceria com a Universidade Presidente Antônio Carlos – Unipac e abrangerá inicialmente cerca de 700 alunos do 6º ao 9º ano das Escolas Municipais Acadêmico Abgard Renault, Inês Piacesi, Benjamim Ferreira Guimarães e Randolfo Teixeira de Andrade e terá como sede o Campus da Universidade.

De acordo com o Programa lançado pelo Prefeito, que estava acompanhado do Secretário de Educação e Desporto Emiliano Campos durante o ato de assinatura dos atos, os alunos terão atividades complementares e multidisciplinares, com atividades de informática, educação física, acesso à biblioteca, à promoção cultural e ao lazer e suporte de estagiários nas salas de aula para acompanhamento das atividades de ensino. A Prefeitura Municipal arcará com todo o transporte dos 700 alunos e, até maio próximo, outras Escolas Municipais poderão aderir ao Programa, que poderá abranger até dois mil alunos da rede municipal.

 

ENTREVISTA

Entrevista com o Prefeito Toninho Andrada sobre o Pprograma Educacional Escola Legal – PEEL lançado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Desporto, em parceria com a Universidade Presidente Antonio Carlos – Unipac.

 

Qual o objetivo do Programa Educacional Escola Legal?

R – A melhoria da qualidade de ensino e o aumento de tempo de permanência do aluno no ambiente escolar com o desenvolvimento de atividades complementares e multidissiplinares, estímulo cultural e acesso às práticas esportivas e ao lazer, ampliando as possibilidades de acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa  e da criação artística.

Como o Programa se desenvolverá?

R – Em parceria com a Universidade Presidente Antonio Carlos – Unipac. Firmamos um Termo de Cooperação Educacional e através dele a rede municipal de ensino se beneficiará de toda a estrutura acadêmica, física e logística da Universidade. Será uma experiência inédita que possibilitará o envolvimento do ambiente universitário nas relações de ensino da rede local, garantindo um elevado grau de padrão pedagógico ao Programa.

E qual a abrangência do Programa na rede municipal de ensino?

R – Inicialmente o Programa Escola Legal abrangerá cerca de 700 alunos do 6º ao 9º ano das Escolas Municipais Acadêmico Abgard Renault, Inês Piacesi, Benjamim Ferreira Guimarães e Randolfo Teixeira de Andrade e terá como sede o Campus da Universidade.A idéia é ampliar o modelo para o CAIC e depois implantar uma grande Escola no distrito de Correia de Almeida, que seria a sede do Programa.

Outras escolas ainda poderão integrar o Programa? Haverá um limite?

R – Até 15 de maio próximo, as demais escolas da rede municipal que desejarem ingressar no Programa poderão se manifestar e participar no segundo semestre.  Como a estrutura da Universidade é ampla, poderemos chegar a dois mil alunos com ótima qualidade de trabalho.

Na prática, como os alunos de beneficiarão do Programa?

R – Garantindo uma formação completa dos alunos com a melhoria continua da qualidade do ensino e acesso à cultura. Com o aumento da jornada diária escolar em uma hora, no mínimo, e a presença do suporte de estagiários nos diversos setores escolares e em salas de aula, vamos ganhar impulso no melhoramento da aprendizagem e no desenvolvimento do aluno. As práticas de esporte, recreação e lazer terão acompanhamento especializado. Ao projeto de educação será articulado um projeto cultural, turístico e ambiental garantindo o acesso e conhecimento amplo, com acesso a recursos pedagógicos atualizados, à internet e à informática, à leitura e o alcance às publicações e biblioteca. Também será garantido ao aluno o provimento da alimentação escolar com qualidade nutricional e a oferta de espaço físico apropriado e com segurança para o desenvolvimento de todas as essas atividades. É um Programa inovador que revolucionará o conceito de ensino na cidade e na região.

Como o Programa será conduzido?

R – Haverá uma coordenação geral e gerências técnicas e logísticas a cargo da Secretaria Municipal de Educação e Desporto para a execução operacional. No plano pedagógico, um Conselho formado por especialistas e diretores das escolas envolvidas será o responsável pela avaliação do Programa.


Busca de Notícias