Boletim informativo - 16/04


Diante da contaminação do Rio das Mortes por óleo diesel, furtado da Petrobras e derramado na região dos Costas, o fornecimento de água para parte de Barbacena foi suspenso. Desde então, a Prefeitura não mede esforços para restabelecer o abastecimento da cidade. Segundo informações do comitê de crise, o índice de contaminação caiu muito e a previsão é de que a captação volte a acontecer em até três dias.

O Serviço de Água e Saneamento (SAS), com o apoio da Copasa, EPCAR, e das prefeituras da região, está fornecendo água com a utilização de caminhões-pipa, com prioridade para os serviços emergenciais, como: caixas d´água centrais, escolas, creches, asilos e hospitais. As residências dos bairros afetados pelo desabastecimento também serão atendidas. Atualmente estamos com 22 caminhões em circulação.

O serviço de abastecimento realizado pela Prefeitura é totalmente gratuito e pretende atender todas as pessoas. Por isso, para que tudo ocorra de forma organizada, é preciso atentar para os seguintes pontos:

- A demanda por água é grande. Dessa forma, os caminhões-pipa só estão autorizados a abastecer baldes e galões;

- É necessário fazer o tratamento da água com o uso de hipoclorito. As unidades de saúde da cidade já estão aptas a distribuir o produto por família;

- Fique atento ao comércio clandestino de água. Não consuma o líquido caso não conheça sua procedência;

- Em caso de mal estar, procure uma Unidade Básica de Saúde para orientações;

- Mantenha o reservatório fechado. O mosquito da dengue se reproduz em água limpa e parada;

 

Além do fornecimento de água com a utilização de caminhões-pipa, existem também pontos de distribuição de água que funcionam diariamente, das 7h às 19h. São eles:

- Chafariz - Avenida Governador Bias Fortes, 633 – próximo à garagem da Transur

- Oratório Salesiano – Bairro Valentim Prenassi

- Posto Diniz – Rua Bahia

- Sede da Copasa – Rua Bahia

- Rua Deputado Augusto de Andrade – ao lado da Igreja São Domingos de Gusmão

 

Para evitar risco à saúde da população, as Unidades Básicas de Saúde do município já estão aptas a distribuir o hipoclorito. As equipes do Programa de Saúde da Família também estão às ruas distribuindo o produto e orientando as comunidades.

Tratamento Caseiro:

Colocar duas gotas de água sanitária ou duas gotas de hipoclorito de sódio para um litro de água.

Outra forma de tratar a água (apenas se não houver o hipoclorito):

Ferva a água durante 15 minutos. Bater a água, passando o líquido de uma vasilha limpa para outra vasilha limpa.

 

A Prefeitura de Barbacena pede a compreensão de todos e recomenda à população que economize água.

  

Telefones: 195 / 3339-6806 / 3339-6837 / 3339-6838 / 3339-6839 / 3339-6800


Busca de Notícias