Prefeito reúne equipe para fazer avaliação dos primeiros três meses de governo
"Mesmo com quase R$60 milhões em dívidas, 100 dias foram positivos", afirma prefeito. Toninho cobrou responsabilidades da equipe para avançar em todos os setores.


Com o objetivo de fazer um balanço dos 100 primeiros dias de administração à frente da Prefeitura de Barbacena, o prefeito Toninho Andrada reuniu, na última quinta-feira (25), toda a equipe de governo. Durante o encontro, que aconteceu no auditório do Hotel Grogotó, o Prefeito falou das dificuldades encontradas nesse primeiro momento e da importância de reservar o período inicial para colocar a casa em ordem e começar o trabalho de modernização. Ele também cobrou dos secretários, subsecretários e servidores austeridade com as ações, para que possa ser registrado avanço em todos os setores. “Nosso balanço nestes 100 primeiros dias de governo é positivo, pois mesmo com as dificuldades realizamos ações que visam o progresso da nossa cidade”, avaliou o prefeito.

Diante da dívida deixada pela administração anterior, que já ultrapassa R$ 55 milhões conforme auditoria realizada, vários serviços foram comprometidos no início do ano, 'mas as coisas tendem a se normalizar em breve', disse Toninho. Até então, as prioridades do governo foram: Liberação de recursos federais para elaborar o Plano de Saneamento Básico do município, negociação da dívida da Prefeitura com o INSS, municipalização  a gestão do antigo Hospital Escola, implantação de um Programa Educacional modelo, projeto para a criação do Distrito Empresarial e Social de Barbacena, criação do Programa “Luz no Esporte” e entrega de quase 500 moradias pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Reunião

O evento que avaliou as ações dos primeiros 100 dias de gestão, também definiu as próximas etapas e programas para os meses seguintes. A reunião foi dividida em duas etapas: a primeira dirigida aos Secretários, Subsecretários, Coordenadores da Administração Direta e Indireta, vereadores e servidores e a segunda direcionada aos Secretários Municipais e dirigentes da Administração Indireta. 

Os trabalhos foram iniciados com a fala do Secretário de Governo Jose Augusto Oliveira Pena Naves, que lembrou os desafios e ansiedades dos primeiros dias e afirmou que a equipe conduzida por Toninho Andrada está no caminho certo. 'Foram pouco mais de 100 dias de governo e a gestão municipal já é destaque no plano macro. Guiados pelo nosso prefeito, demos início a um movimento de restruturação e já é possível vislumbrar um futuro digno para a cidade', disse o Secretário.

Em seguida, a Controladora Geral do Município, Giovanna Bonfante, falou sobre o papel da controladoria e da importância da participação de todos os agentes públicos no controle interno. Segundo Geovanna, a meta da Controladoria é alertar, orientar, e se preciso, ensinar os órgãos da administração a desenvolver suas atividades de acordo com a legislação. 

O Secretário da Fazenda, José Francisco Milagres, também pode expor a situação financeira do município. De acordo com o secretário, a divida da Prefeitura chega a R$56 milhões. Nesse contexto, a determinação do Prefeito é colocar o município adimplente, para que ele volte a receber recursos estaduais e federais. 

Para finalizar a primeira parte da reunião, o prefeito Toninho Andrada falou do que ele chamou de 'choque de ordenamento'. Segundo ele, 'foi preciso organizar a casa para começar a pensar no futuro. Agora podemos da início ao nosso governo. Os cem dias serviram para estabelecer o marco zero, pois a gestão passada deixou muitas demandas em suspensão', afirmou o prefeito. Sobre uma gestão eficiente e moderna, o prefeito usou a sigla 3P's, que segundo ele é o modelo de administração eficiente. O primeiro P é de 'planejamento', o segundo é de 'pessoal', já o terceiro representa as 'prioridades'. De acordo com o prefeito, sem planejar não é possível construir, transformar, modernizar; sem um corpo de profissionais competentes e engajados, não se pode agir; e sem estabelecer prioridades, nada é finalizado, concluído.

No período da tarde os trabalhos continuaram, mas com um público mais limitado e uma explanação mais específica. O primeiro escalão do governo discutiu, juntamente com o prefeito a elaboração de planos mais objetivos e pontuais de acordo com as atividades específicas de cada secretaria e departamento do município.

 


Busca de Notícias