Praça dos Andradas recebe Campanha preventiva contra abuso sexual de crianças e adolescentes
Prefeitura Municipal em parceria com o CREAS promoveu campanha de orientação contra a violência sexual no centro da cidade


A Prefeitura de Barbacena, por meio da Secretaria Municipal de Coordenação de Programas Sociais (SECOPS), em parceria com o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), realizou neste sábado (18), na Praça dos Andradas, uma campanha de orientação contra a violência sexual. O objetivo foi conscientizar a população barbacenense sobre a importância de denunciar o abuso, a violência e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Com o tema “Juntos contra a Violência Sexual”, o evento reuniu adultos, jovens e crianças durante toda a manhã. A campanha contou também com a presença de psicólogos, assistentes sociais, e advogados, que distribuíram folders informativos e orientaram a população sobre o tema. Para mostrar que crianças necessitam de cuidados, lazer e atenção, foram disponibilizados brinquedos como, camas-elásticas, tobogã, touro mecânico, piscina de bolinha e escorrega.

Uma caminhada, que saiu da Praça do Rosário em direção à Praça dos Andradas, foi o marco do evento. No local, a equipe distribuiu panfletos informativos sobre o tema e estreitou laços com a população.

Para o Subsecretario de Assistência Social e Convênios, Clayrton Dutra Costa Vieira, “ações como estas visam minimizar o número crescente destas condutas delituosas e abusivas que são praticadas em sua grande maioria no âmbito familiar, local onde as crianças deveriam estar seguras contra quaisquer tipos de ameaça, onde a criança deveria encontrar carinho e proteção”, afirmou o Subsecretario.

Estiveram presentes, a Coordenadora Executiva da SECOPS, Maria da Consolação Pinheiro, o Subsecretario de Assistência Social e Convênios, Clairton Dutra Costa Vieira, além de toda a equipe do CREAS.

A campanha terá continuidade nas escolas com o Projeto de Intervenção do CREAS sobre Sexualidade, intitulado: “Quebrando o silêncio: um caminho para a diminuição da violência sexual no município de Barbacena”. O projeto busca orientar o público-alvo e levar informações sobre sexualidade e, principalmente, esclarecer as formas e como ocorre a violência sexual.

A Violência Sexual é uma violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, e caracteriza-se pelo abuso ou exploração do corpo e da sexualidade dos mesmos. Ela pode ocorrer pela força ou outra forma de coerção, ao envolver crianças e adolescente em atividades sexuais impróprias a sua idade cronológica, ou ao seu desenvolvimento físico, psicológico e social.

Segundo estimativa do governo, a cada denúncia de abuso de crianças no Brasil, quatro deixam de ser feitas. Apesar de existirem vários canais de denúncia, 80% dos casos ocorrem no ambiente familiar, e impede as vítimas de denunciarem o próprio parente.

No ano passado, o Disque-Denúncia, que também é chamado de Disque 100, recebeu quatrocentas e cinqüenta e quatro mil denúncias de violação aos direitos de crianças e adolescentes, sendo que mais de quarenta mil se referem a casos de abuso e exploração sexual. De acordo com o coordenador Geral do Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Joseleno Vieira dos Santos, o Brasil conta com vários canais de denúncia – o que não é suficiente para que as vítimas consigam relatar os casos de exploração e violência. 


Busca de Notícias