SIGA será parceira em projeto que abraça as minorias
Primeira Dama quer desenvolver movimento de cunho social e político em Barbacena


‘Criar um movimento sociopolítico que trabalhe junto à sociedade e às minorias’, esse é o objetivo do Projeto que a Primeira Dama, Paula Andrada, fará em parceria com a Secretaria do Sistema de Integração Governamental para a Promoção Humana (SIGA).

Paula Andrada visitou a Secretaria, conheceu a estrutura do local e trocou ideias sobre o novo trabalho. “Hoje vamos ver o ponto de interseção entre o movimento que quero desenvolver e a SIGA, para que no 2º semestre, passadas as organizações estruturais da administração municipal, a gente possa trabalhar em conjunto¨”, afirmou Paula.

Durante a campanha eleitoral, Paula Andrada, que também é jornalista,  esteve à frente do movimento ‘Mulher Ativa’. “No ano passado, iniciamos o 'Mulher Ativa' e criamos em 50 bairros, núcleos de mulheres ativistas, que nos dão suporte para melhorar as condições de vida da comunidade e a condição das mulheres em Barbacena”, contou a Primeira Dama, que finalizou, “a ideia agora é recrutar essas mesmas mulheres e dar início a um movimento livre, que englobe todas as minorias.”

A Secretária da SIGA, Rita Candian, destacou a importância de implantar políticas públicas adequadas ao diagnostico da cidade e disse ser fundamental a participação da Primeira Dama nesse processo. “Para nós, esse primeiro contato é importante para que a Paula Andrada sinta o clima da Secretaria e possa abraçar a nossa causa”, concluiu Rita.


Busca de Notícias