Alimentação Escolar é debatida na rede municipal de ensino


O Secretário Municipal de Educação e Desporto, Emiliano Furtado Campos, participou do encontro promovido pelo Conselho de Alimentação Escolar-CAE - com as diretoras, coordenadores e coordenadoras pedagógicas das creches da rede municipal de ensino. 'A alimentação escolar é um direito dos alunos da educação básica. Estou confiante na atuação do Conselho e acredito nessa parceria', disse Emiliano Campos durante a abertura do evento, na Fundac, na última terça-feira, dia 18 de junho.

A presidente do CAE, Maria Solange Lucindo Magno, explicou a Resolução/CD /FNDE/ nº38, de 16 de julho de 2009, que trata da merenda escolar. e enfatizou as atribuições do Conselho como agente fiscalizador. ' Esse encontro com os gestores das escolas é para esclarecer o papel do CAE, a importância da merenda escolar no contexto educacional e atuação daqueles que trabalham diretamente com o alimento', completou Maria Solange.

Resolução nº 1.511/2010 também foi muito discutida durante o encontro. Está especificado que fica vedada nos espaços das escolas (estaduais) a comercialização de lanches e bebidas contendo produtos e/ou preparações, industrializados ou não, que contenham altos teores de calorias, gordura saturada, gordura trans, açúcar livre, sal, teor alcoólico e baixo teor nutricional. Todas as escolas receberam uma cópia dessa Resolução e a presidente do CAE lembrou que a mesma regulamenta algo já previsto em lei federal. Maria Solange Lucindo Magno pediu ainda que as escolas façam a adequação dos produtos comercializados nas “vendinhas”e do que pode ser preparado de acordo com orientações da nutricionista. A partir de agosto de 2013, os membros do CAE visitarão escolas para verificar a adequação das mesmas.


Busca de Notícias