Oficina realizada pelo Ministério da Saúde reúne representantes de 50 municípios em Barbacena


Cerca de 300 pessoas, entre a equipe de técnicos do Ministério da Saúde, coordenadores e gestores de Saúde, e prefeitos e secretários municipais do setor, participaram da Oficina de Apoio Institucional do Ministério da Saúde aos Municípios - Juntos Pelas Redes, que aconteceu hoje, 9 de agosto, em Barbacena.

 Segundo o Secretário Nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, “o objetivo do encontro é orientar e agilizar a implantação das Redes nas Regiões de Saúde, a partir do contínuo suporte da Equipe de Apoio Institucional do Ministério aos municípios, visando que os mesmos conheçam as possibilidades de financiamento, saibam como acessar os recursos e as condições que devem atender”. Helvécio destacou que trazer as discussões para o interior é uma demanda do Governo Federal, que deseja estar mais próximo dos municípios, facilitando a busca por recursos, que a exemplo da atenção básica, dos programas e das redes de atenção à saúde, já estão disponíveis. “Viemos à Macro Centro-Sul de Minas, que está polarizada em Barbacena, pelo esforço da região e disposição dos municípios em desenvolver políticas e programas do Governo Federal de forma ágil e efetiva. Portanto, estar aqui é demonstrar o reconhecimento do Ministério da Saúde e do Governo Federal, pelo apoio que os líderes municipais têm dado às políticas federais”, pontuou o Secretário.

Em seu discurso, o Prefeito Toninho Andrada, agradeceu a visita do Ministério e apresentou um relatório da saúde em nossa cidade pleiteando apoio do Governo Federal na resolução dos problemas do município. “Aqui, representamos os cerca de 700 mil habitantes, que integram os mais de 50 municípios da Macrorregião Centro-Sul. Por isso, essa visita é uma oportunidade para mostrar nossas carências e dificuldades, e encontrar soluções conjuntas. Pedimos o apoio do Ministério da Saúde, que é um órgão de muitos recursos, que invista na saúde, sobretudo de Barbacena, para podermos, num curto espaço de tempo, oferecer um serviço de qualidade à população”, defendeu o Prefeito.

Toninho Andrada aproveitou o momento para pedir pelo Hospital Geral de Barbacena, antigo Hospital Regional da FHEMIG, que será transformado em Hospital Macrorregional Centro-Sul, tornando-se referência na região.  “Hoje, o Secretário Helvécio Magalhães poderá dimensionar a importância do Hospital Geral de Barbacena para a cidade, e também para toda a Macrorregião. Já conseguimos uma parceria com o Estado, que vai assinar um convênio com a Prefeitura de Barbacena no valor de R$17 milhões, para as obras de ampliação e reforma da instituição. Agora, precisamos de recursos para os equipamentos, que chega à ordem de R$10 milhões. Pedimos ao Governo Federal que olhe por nós, uma vez que ele tem condições de dar uma resposta mais rápida às nossas necessidades”, concluiu o Prefeito.

O Secretário Nacional de Atenção à Saúde declarou apoio à causa e afirmou que o Ministério tem muito interesse em viabilizar a rede de urgência na região. “Temos recursos novos muito expressivos e, é evidente, que o Hospital Geral está em nossos planos, porque ele é estratégico. Essa aproximação é importante porque coloca a cidade e região no radar de alocação de recursos do Ministério da Saúde”, destacou Helvécio Magalhães, que finalizou, “Além disso, o Prefeito de Barbacena, que também é Presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), tem abraçado a nossa causa. A AMM é uma instituição parceira do Governo Federal, especialmente no tema do ‘Mais Médicos’, e o Toninho Andrada tem se expressado de forma contundente.”

A proposta do encontro foi apresentar aos gestores municipais todo o conjunto de políticas do Governo Federal relacionadas à saúde. A equipe do Ministério da Saúde ofereceu orientações sobre programas e convênios de acordo com as temáticas: Atenção Básica; Rede de Urgência e Emergência; Rede de Atenção Psicossocial; Rede Cegonha; Rede Viver sem Limites; e Gestão de Convênios. A implantação, por exemplo, da Rede de Atenção Psicossocial na região tem recebido constantes investimentos do Ministério da Saúde.

Para o Secretário Municipal de Saúde Pública, José Orleans da Costa, quem ganha com o evento é a Macrorregião Centro-Sul. “O objetivo é receber os técnicos do Ministério da Saúde para que eles indiquem, aos gestores e coordenadores de saúde, o caminho que os municípios devem trilhar para buscarem recursos”, destacou o Secretário.

Na oportunidade, José Orleans também definiu a importância da criação das redes de atenção. “As redes integram a Assistência em todos os níveis de atenção. Quando integramos todas as ações de saúde, como por exemplo, urgência e emergência, materno-infantil e saúde mental, potencializamos os recursos obtemos um resultado melhor para a população”, concluiu Orleans.

Compuseram a mesa dos trabalhos, o Prefeito de Barbacena, Toninho Andrada, o Secretário Municipal de Saúde Pública, José Orleans da Costa, a Apoiadora Institucional do Ministério da Saúde, Alzira Jorge, a Superintendente Regional de Saúde, Márcia Nakamura, o Prefeito de Congonhas e Presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência (CISRU), José de Freitas Cordeiro, representando o Prefeito de São João Del Rei, Helvécio Reis, a Secretária de Saúde, Maria das Mercês Souza de Oliveira, o Presidente da Câmara de Barbacena, Amarílio Andrade e o Diretor da Gerência Regional de Saúde em São João Del Rei, José Rosário Silva. Após a abertura do evento, as autoridades foram homenageadas pelos moradores das residências terapêuticas de Barbacena.


Busca de Notícias