Lançamento de livro e exposição fotográfica integram programação do ‘Ano 222’


Barbacena receberá o lançamento de um dos livros mais sombrios dos últimos tempos, Holocausto brasileiro: vida, genocídio e 60 mil mortes no maior hospício do Brasil. Na obra, a jornalista investigativa Daniela Arbex conta os descaminhos do Hospital Colônia de Barbacena, que durante mais de 50 anos praticou graves violações aos direitos humanos.

Há pouco mais de um mês nas livrarias do país, o livro está presente em todas as listas dos mais vendidos da imprensa nacional. O lançamento, com sessão de autógrafos, será realizado nesta terça-feira, 13 de agosto, no Museu da Loucura, a partir das 20h. O evento é parte da programação dos 222 anos de Barbacena.

 

A obra

Daniela Arbex, ganhadora de prêmios Esso e Vladimir Herzog, tomou conhecimento da tragédia de Barbacena em 2009, folheando um livro do governo do Estado onde apareciam fotos do interior do hospício feitas em 1961 para a revista 'O Cruzeiro'. Eram imagens chocantes de degradação e abandono.

Em 2011, como repórter especial do jornal Tribuna de Minas, de Juiz de Fora, começou uma apuração sobre o caso e publicou reportagens. No ano passado, resolveu aprofundar o trabalho, viajando nos finais de semana, Arbex entrevistou mais de cem pessoas em três Estados. Os testemunhos de internos, médicos e funcionários que passaram pelo hospício são a base do livro.

 

Três lentes sobre um olhar

Paralelamente ao lançamento do livro de Daniela Arbex, acontece a exposição fotográfica "Três lentes sobre um olhar", que apresenta a percepção de três fotógrafos barbacenenses - Júlia Marcier, Mell Caetano e Waldir Damasceno - sobre o trabalho "Só um pouco a.normal" do coreógrafo Wagner Moreira, também nascido em Barbacena. "Só um pouco a.normal", aborda, com lirismo e emoção, padrões de comportamentos considerados normais ou anormais. O espetáculo tem concepção, direção e coreografia de Wagner Moreira e foi desenvolvido com o Grupo de Dança 1° Ato, com direção artística de Suely Machado. A abertura da exposição também acontece dentro da programação cultural de comemoração dos 222 anos de Barbacena.


Busca de Notícias