Presidente da AMM, Toninho Andrada, criticou modelo político atual durante assembleia da Amepi, liderada por Fernando Rolla
"Prefeito virou executor de políticas prontas", diz Presidente da AMM


O Presidente da Associação Mineira de Municípíos (AMM) e Prefeito de Barbacena, Toninho Andrada, criticou o modelo político atual durante assembleia da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi), na cidade de Barão de Cocais, na tarde do dia 27 passado. O Prefeito de Barbacena estava acompanhado do Secretário Municipal Chefe de Gabinete, José Francisco Vidigal Silveira.

Em sua palestra, o Presidente da AMM criticou o atual modelo político e federativo brasileiro e afirmou que os Prefeitos se tornaram “executores de políticas prontas”. Toninho Andrada reclamou que hoje mais de 70% do orçamento do país está em posse do Governo Federal. Para ele, o Brasil precisa rever o pacto federativo e dar mais autonomia a estados e municípios. “Os municípios estão engessados. As políticas públicas vem de cima para baixo. Tudo é imposto e aos Prefeitos  só cabe executar. É uma federação de mentira”, criticou. Continuando seu raciocínio, disse que “a situação é grave, pois do que adianta o Governo Federal propagar que o Brasil é a sexta economia do mundo se a política macro não se reflete na micro. O dinheiro fica distante de onde o problema realmente acontece”, completou.

Para Toninho, é hora dos municípios se unirem para mostrar que querem participar mais. “Recentemente a população mostrou sua insatisfação indo às ruas. Então, a classe política está sensível. É a hora que temos para exigir participação, mostrar que esse sistema está errado”, completou.

Durante a assembleia, o presidente da Amepi, Fernando Rolla, sugeriu que os municípios fizessem um manifesto, assinado por todos os Prefeitos integrantes da Associação, para que o Governo do Estado garanta o asfaltamento de estradas alternativas que possam facilitar o deslocamento de motoristas da região a Belo Horizonte durante as obras de duplicação da BR-381. Fernando citou as estradas que ligam Barão de Cocais a Caeté e a que liga Nova União a Taquaraçu. O presidente da AMM, Toninho Andrada, afirmou que a entidade estará a disposição da Amepi para ajudar nesse diálogo com o Governo de Minas Gerais.


Busca de Notícias