Estudantes discutem maus tratos contra animais


Os trabalhos de educação para a sustentabilidade e meio ambiente continuam. Na última semana, a Diretoria de Meio Ambiente da AGIR esteve na Escola Estadual Senador Antônio Carlos, no distrito de Sá Fortes, em Antônio Carlos,para discutir, com alunos do 6º ao 9º ano, a temática: Maus tratos a animais. Durante uma tarde inteira, alunos, professores e palestrantes debateram o assunto, que, recentemente, ganhou as manchetes dos principais noticiários do país.

Maltratar animais, além de cruel, é crime ambiental, de acordo com a Lei Federal 9.605/98, e deve ser denunciado. Segundo a Diretoria de Meio Ambiente da AGIR, “as crianças são disseminadoras de informações, por isso é importante o trabalho de educação e sensibilização nessa fase”.

As principais questões levantadas pelos estudantes foi o descaso da sociedade para com os animais de rua, que, na maioria das vezes são abandonados; e a castração, que é a medida mundialmente aceita para reduzir o número de animais errantes e que, consequentemente, contribui para a redução do número de casos de maus tratos.

Estudantes, pesquisadores, profissionais, instituições e população, que precisarem de material, orientação, apoio ou informações relativas ao meio ambiente podem procurar Rogério Fonseca, na sede da AGIR, ou ligar para (32) 3339-2047.


Busca de Notícias