Conferência debate atenção primária


A Prefeitura de Barbacena, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com o Conselho Municipal de Saúde promoveu a 8ª Conferência Municipal de Saúde, dias 6 e 7 de dezembro, na Faculdade de Medicina de Barbacena. Em consonância às diretrizes da nova administração, o evento visou impulsionar, reafirmar e buscar a efetividade dos princípios do Sistema Único de Saúde, na perspectiva do fortalecimento da Atenção Primária.

O Secretário de Saúde, Dr. José Orleans da Costa, foi quem presidiu o evento. Na abertura, ele falou sobre a importância da participação popular na elaboração de propostas para melhorias em saúde. “Mais importante que o cumprimento à lei que determina a realização da Conferência, é a participação da população apontando a direção que devemos caminhar na área da saúde e implementar as necessidades apontadas por ela”, ressaltou Orleans.

Durante o evento, o Secretário lançou o Programa ‘Saúde nos Bairros’, uma iniciativa da administração que prevê a transformação da Saúde pública em Barbacena. O Programa propõe uma reestruturação da saúde, garantindo uma assistência de qualidade e, consequentemente, a prevenção de doenças e promoção da saúde. “As Unidades Básicas de Saúde (UBS) precisam ser a base do setor na cidade. É na UBS que deve acontecer a orientação, prevenção e promoção. O que queremos e precisamos é a melhoria efetiva da atenção primária”, finalizou José Orleans.

O Programa ‘Saúde nos Bairros’ teve início com a eleição dos conselheiros locais, em cada um dos nove distritos sanitários do município. Durante as pré-conferências, as equipes da Secretaria de Saúde e do Conselho viabilizaram essa organização. Segundo Carmen Werneck, presidente do Conselho Municipal de Saúde, “a criação dos conselhos locais permitirá uma participação mais efetiva da população, pois são os usuários quem irão fiscalizar os serviços e levar os problemas ao conselho central”, explicou. O fortalecimento da atenção primária visa também desafogar os hospitais e a rede de urgência e emergência.

No sábado, delegados e convidados debateram os seguintes eixos para traçar as novas diretrizes políticas para o setor:

I – Como organizar a Atenção Primária em Barbacena?

II – Relação entre a Atenção Primária e Urgência/Emergência.

III – Rede Assistencial e sua interface com a Atenção Primária.

IV – O cidadão e o seu papel: o autocuidado na promoção/prevenção à Saúde.

V – Orçamento como ferramenta de escolha de Administração dos recursos.

A participação foi massiva. Centenas de pessoa estiveram no local e definiram as principais propostas que serão levadas à Conferência Estadual de Saúde. Durante o evento, também foram escolhidos os conselheiros municipais de saúde para o biênio 2013/2015 e os delegados para as Conferências Estadual e Nacional. 


Busca de Notícias