Unidade do Sistema Prisional de Barbacena comemora aniversário


O Presídio de Barbacena comemorou o seu quinto ano de assunção, ocorrida em 4 de dezembro de 2008, data em que a Subsecretaria de Administração Prisional de Minas Gerais (SUAPI) assumiu a Unidade. Desde então, o local passou por várias mudanças técnicas e de segurança, em acordo ao disposto na Lei 7.210/84 Lei de Execução Penal.

A cerimônia de comemoração aconteceu na sede do Automóvel e reuniu diversas autoridades, representantes do Poder Executivo Municipal e Estadual, Judiciário, Policia Militar, Polícia Civil, dentre outros. Segundo Júlio César Martins, Diretor Geral do Presídio, o objetivo do evento vai além da comemoração do aniversário. “Queremos que as pessoas conheçam as práticas que foram introduzidas na Unidade visando a ressocialização e externar o sucesso alcançado pela SUAPI em Barbacena. No Brasil, não existe prisão perpétua ou sentença de morte, o individuo sai da prisão e quando sai não vai para outro planeta. Por isso a importância de trabalhar a reinserção social e dar o máximo de oportunidade ao detento para que ele se torne um cidadão de bem”, explicou Júlio.

Há cinco anos, a SEDS passou a administrar a cadeia pública de Barbacena. Na época, 20 policiais civis e 10 militares, antes ocupados com a guarda dos presos, voltaram às ruas, reforçando os serviços de investigação e de policiamento ostensivo no município. A transferência da administração da carceragem da Polícia Civil para a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) também permitiu a implantação do programa de ressocialização dos presos, principalmente com a oferta de estudo e trabalho. Paulo Pregunci, que representou o senador Aécio Neves, falou que a medida foi uma das principais preocupações do então Governador de Minas, quando assumiu o mandato.

O Deputado Federal Bonifácio Andrada esteve no evento e destacou a importância da instituição. “Esta é uma entidade que merece todo o nosso apoio, respeito e incentivo, porque vai de encontro a uma camada da sociedade que precisa se desenvolver para superar seus próprios problemas. É um trabalho técnico, educativo e humano de excelência proposto pelo governo de Minas”, afirmou o deputado.

Após a cerimônia, foi oferecido um jantar dançante aos convidados. Apresentações artísticas e shows embalaram a noite.


Busca de Notícias