I Sarau da Canção Arte Nossa


Neste fim de semana, Barbacena será brindada com uma manifestação cultural diferente. Trata-se do Projeto ‘Arte Nossa’, um festival musical que tem por objetivo valorizar a cultura local e a produção artística dos filhos de Barbacena e região. No domingo, 15 de dezembro, às 20 horas, a Fonte Luminosa do Jardim Municipal receberá o ‘I Sarau da Canção Arte Nossa’, que vai reunir a classe artística barbacenense e provocar a população à reflexão sobre a ocupação dos espaços públicos e o pertencimento cultural através da música e da arte. Com a solução bem humorada, criada dentro do movimento de leitura de poesias e apresentações musicais de rua, Sarau Vira Lata, para as intempéries climáticas: “E se chover… Estação!”, o evento se resguarda ao direito de buscar abrigo na plataforma de Estação Ferroviária, caso esteja chovendo.

Situada na região do Campo das Vertentes, Barbacena abriga um grande celeiro musical. Berço de tradições onde diversos artistas fizeram morada, como Guimarães Rosa e Flausino Valle. Habilidosos da palavra, maestros da poesia, a cidade sempre propiciou a inspiração por seu clima e céu de luz inigualável, como eles mesmos gostavam de dizer. Além de ser casa do grupo de teatro Ponto de Partida que, na vontade e demanda musical, fundou a Bituca Universidade de Música Popular, apadrinhada por Milton Nascimento.

A cidade forma e exporta diversos profissionais desse segmento, que, muitas vezes, não possuem o reconhecimento em sua terra natal. A música é a forma mais popular e abrangente de arte, facilitando e popularizando o livre acesso a esta. Diante deste contexto, o projeto se apresenta como forma de ser um fortalecedor do cenário cultural da cidade.  A vontade de criar o evento nasceu com o anseio de dizer que a arte é nossa, de todos nós, que a praticamos ou a manifestamos de alguma maneira.

No último dia 3 de dezembro, a Superintendência de Fomento e Incentivo à Cultura (SFIC), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Cultura (SEC), divulgou a lista dos projetos aprovados no Edital 01/2013 da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LEIC), aptos à captação de recursos em 2014. Iniciativas de Barbacena aprovaram 20 projetos, totalizando R$ 5.774.739,70 para captação via renúncia fiscal do ICMS. Dentre as propostas aprovadas, está o ‘Festival da Canção Arte Nossa’, que, por enquanto, neste ano de 2013 acontecerá no formato de sarau. Em 2014, com a captação de recursos, o projeto amplia-se, buscando firmar-se no calendário de eventos da cidade, revelando os talentos de músicos e compositores de Barbacena e região.

O sarau conta com a participação, em ordem alfabética, de: Alessandra e Wallace, Ana Clara, Banda Samsara, Bruno Zr, Camila Machado, Ciro Belluci, Diego Damasceno, Erivelto Couto, Faixa Onze, Fernanda Sant’ana, Guilherme Fagner, Hilreli Alves, João Tostes, Kaike Barto, Karina Nézio, Lohanye Garcia, Pedro Leporate, Person Ventura, Pitágoras Silveira, Thales Diniz, Quarteto Angelus e demais possíveis compositores e músicos da cidade que estiverem no local.

Quem apresenta o projeto é o Estúdio Vertentes, através do idealizador Hilreli Alves. O evento conta com o apoio do Projeto Cultural Brasilidade, Eu Amo Meu Quintal, Produtora Crisálida e Prefeitura Municipal de Barbacena, através da AGIR - Diretoria de Cultura e Turismo. Os patrocinadores e parceiros são: Infinity Comunicação Integrada, Gráfica Ebenézer e Centro de Educação Angher. A plataforma cultural de articulação é o Coletivo77.


Busca de Notícias