Workshop sobre produção audiovisual termina nesta sexta-feira


A Prefeitura Municipal de Barbacena, através da Diretoria de Cultura e Turismo da AGIR – Escola do Patrimônio Municipal de Barbacena, em parceria com o curso de Publicidade e Propaganda da UNIPAC, realiza o Workshop Realização Audiovisual: A Luz, O Cinema. O objetivo é criar um ambiente favorável ao desenvolvimento criativo de ideias e projetos audiovisuais, possibilitando a produção e entendimento da cadeia produtiva do cinema. 

O primeiro encontro reúne estudantes e profissionais independentes interessados em cinema e televisão. Para o cineasta e coordenador de conteúdo do Workshop, Milton Alencar, este é o despertar para a linguagem de imagens e sons. “O curso estimula o espírito criativo e permite iniciar um processo permanente de discussão do audiovisual na região”, afirmou o cineasta, que destacou a importância da manutenção de um núcleo profissional de produção e discussão da Sétima Arte em Barbacena.

Frederico Furtado, responsável pelo setor de Cultura e Turismo do município e diretor do filme Quilombo, e Paulo Brazyl, fotógrafo e ex-gestor da Oficina de São Paulo (OSCIP), em Presidente Prudente, também coordenaram algumas atividades do Workshop. Os principais tópicos do curso foram: cinema, fotografia, roteiro, realização e pós-produção. Segundo Fred Furtado, a ideia da criação do núcleo já existia e o foco é não parar de produzir. “Existem muitas produções na cidade, mas precisávamos criar um núcleo livre para prepararmos as pessoas para fazerem filmes sobre a cidade e a partir dela”, explicou o Diretor de Cultura e Turismo.

Fortalecer a parceria com os movimentos culturais de Barbacena foi o foco da estudante de cinema Charlene Duarte, que veio de Belo Horizonte para participar da oficina. “O principal objetivo é somar experiência, tecer essa rede colaborativa para fomentar a produção de audiovisual em Minas por inteiro”, declarou Charlene.

O Workshop, que termina na noite desta sexta-feira (13) terá como resultado a produção de um curta metragem de ficção e a ativação do primeiro núcleo de audiovisual da cidade, uma parceria da Diretoria de Cultura e Turismo da AGIR e do curso de Publicidade e Propaganda da UNIPAC.


Busca de Notícias