Hospital Geral de Barbacena recebe melhorias


Reorganizar o sistema de saúde no município está entre as principais metas do atual governo. E foi neste sentido que o Hospital Geral de Barbacena inaugurou, na tarde de ontem (19), dez novos leitos, um ambulatório e instalou um tomógrafo. As melhorias são fruto da parceria entre Prefeitura e Governo de Minas.

Segundo o prefeito Toninho Andrada, a reestruturação do Hospital sempre foi vista como uma das soluções para os problemas de saúde na cidade. “A ampliação e modernização do Hospital acontecerão, mas enquanto a obra não começa, estamos agindo. A prova disso é a inauguração do tomógrafo, os 10 leitos para atendimento dos dependentes químicos e o ambulatório de egressos, que é mais um espaço de qualidade que o paciente terá dentro do Hospital. A Secretaria Municipal de Saúde tem elaborado toda a estratégia e o resultado é a melhoria do atendimento”, afirmou Toninho Andrada.

“Vamos criar bases para oferecer à população uma saúde de qualidade, porque saúde é meta prioritária da atual gestão”, concluiu o prefeito, que destacou a assinatura de convênio com o Governo do Estado no valor de R$16 milhões, para custear as obras e adaptação do Hospital, e o repasse do Ministério da Saúde da ordem dos R$ 16 milhões, para compra de equipamentos.

            Sobre as melhorias, o diretor geral do Hospital, Jorge Correa Neto, disse que são parte do processo de fortalecimento institucional. “O tomógrafo trará mais comodidade e segurança aos pacientes na realização dos exames. Além de suprir a demanda da cidade de Barbacena, os exames de tomografia oferecidos pelo HGB deverão, posteriormente, atender também aos municípios da macrorregião centro-sul do Estado”, explicou o diretor.

Também foram inaugurados nesta quinta-feira dez novos leitos de álcool e droga. O objetivo é atender pacientes em abstinência que precisem de intervenção no meio hospitalar. Estabilizados, eles retornam ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Barbacena.

     A outra novidade do Hospital foi o ambulatório de egressos, que passou por uma reestruturação para melhor atender aos pacientes. O ambulatório recebe demandas de cirurgias eletivas de Barbacena e da microrregião. Todos esses benefícios devem impactar positivamente a rotina do Hospital, que é referência em cirurgias. “Além de Barbacena, atendemos 14 municípios, totalizando 240.000 habitantes. Realizamos uma média de 350 atendimentos e 90 cirurgias por mês. Com a revitalização, o número de cirurgias deve subir para 120”, afirmou Jorge, que finalizou destacando a importância da parceria entre o governo municipal e o estadual: “estas ações combinadas garantem velocidade para a realização e materialização de tudo o que precisamos para o novo Hospital”.

O deputado Bonifácio Andrada também esteve no evento e fez questão de pontuar o apoio do Governo de Minas como um reconhecimento pelo que a cidade representou para a saúde do país em um passado recente. “Esta é uma vitória, mas também um movimento justo. Por anos, Barbacena e este Hospital receberam pacientes de toda a parte do país. O Museu da Loucura representa muito bem o esforço da cidade em receber essas pessoas”, defendeu Bonifácio.

A solenidade aconteceu nas dependências do Hospital e contou com as presenças de vereadores, secretários municipais, médicos e demais funcionários do hospital e da administração.


Busca de Notícias