Barbacena aprova projetos no programa Mais Cultura nas Escolas
Escolas da cidade tiveram iniciativas aprovadas pelos ministérios da Cultura e da Educação, entre elas o projeto ‘Visitas Guiadas: memória, identidade e vínculo social’


Cinco escolas da rede pública de Barbacena conseguiram aprovar projetos no Programa Mais Cultura nas Escolas e receberão verbas do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação para realizá-los. O programa tem por objetivo fomentar ações que promovam o encontro entre o projeto pedagógico das escolas públicas com experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais.

Cada projeto aprovado receberá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil para realizar as iniciativas no ano de 2014. As instituições de ensino que aprovaram projetos são as seguintes: Escola Estadual São Miguel, Escola Municipal Alberto Correia, Escola Estadual Dr. Teobaldo Tollendal, Escola Municipal Monsenhor Lopes e Escola Municipal Oswaldo Fortini, todas do ensino fundamental e que estabeleceram parcerias com agentes culturais e artistas da cidade para o desenvolvimento dos projetos.

Em 2014, das 29 mil escolas que enviaram projetos para o programa, cerca de 5 mil escolas em todo o Brasil foram contempladas, totalizando um recurso aproximado da ordem de R$ 100 milhões de reais.

Visitas Guiadas e Escola Estadual São Miguel

Um dos projetos aprovados foi o de ‘Visitas Guiadas: memória, identidade e vínculo social’, numa parceria entre a Escola Estadual São Miguel e o arquiteto Sérgio Cardoso Ayres, com a participação do Museu Casa de Marcier, espaço cultural administrado pela Diretoria de Cultura e Turismo das AGIR e da coordenadora do local, Deliane Dani.

“Foi grande a satisfação da aprovação do projeto, uma oportunidade de inserir ainda mais nossos alunos no contexto cultural de Barbacena”, disse a diretora da Escola, Maria Aparecida Pereira Silva.

O projeto dá continuidade a um programa que existe a cinco anos em Barbacena, que consta de visitas guiadas ao patrimônio cultural da cidade, com um roteiro que enfoca o patrimônio cultural barbacenense. “Já realizamos dezenas de visitas com estudantes da cidade, num projeto que é uma referência cultural e educacional. A aprovação dentro do ‘Mais Cultura nas Escolas’ vem para levar esta iniciativa para dentro de uma instituição de ensino durante um ano. Uma oportunidade de trocar experiências com o corpo docente da Escola Estadual São Miguel, os alunos e a comunidade escolar”, explicou Sérgio Cardoso Ayres, idealizador do projeto e Gerente de Turismo da AGIR.

A novidade será as visitas guiadas ao Parque Museu Casa de Marcier. “Os alunos terão a oportunidade de visitar uma Casa Museu, que é um espaço museológico diferenciado, de conhecerem a obra do artista plástico Emeric Marcier, de aproveitarem o amplo e arborizado espaço para atividades recreativas e, ainda, desenvolverem trabalhos artísticos”, afirmou a coordenadora do museu Deliane Dani.

Já o vice-diretor da Escola, Elio Dias de Souza, ressaltou o papel da comunidade estudantil no projeto. “A ideia é que alunos, seus pais, professores e funcionários participem das atividades, que ainda terá mostras culturais finalizando a programação de cada semestre”, disse ele. Todo o conteúdo do projeto, inclusive transporte e material didático, será custeado com a verba que a escola receberá do governo federal.


Busca de Notícias