Hora do Trabalhador é implantado em Barbacena e oferece atendimento médico à população


O atendimento médico  na rede SUS (Sistema Único de Saúde), é muitas vezes dificultado pelo horário de trabalho da população e o mesmo acontece com as UBS (Unidade Básica de Saúde), levando esse trabalhador a procurar serviços de urgência e emergência por agravos de saúde, que deveriam ser acompanhados pela atenção primária, para a resolução dos problemas.

Pensando nisso,  a Secretaria de Saúde  Pública de Barbacena (SESAP), através do Centro de Referência em Saúde e parceria com o IMAIP (Instituto Maternidade Assistência a Infância  e Policlínica), criaram o projeto “Hora do Trabalhador”. Um programa onde os trabalhadores que não tem condições de irem para as UBS para seus tratamentos de saída, possam ter um atendimento em horário diferenciado, fazendo com que nada impeça seu atendimento.

A Hora do Trabalhador presta assistência básica de saúde, através de uma equipe composta por médico (clínico geral), enfermeira, psicóloga, fisioterapeuta, dentista e nutricionista. Funciona de terça a sexta feira, das 17 às 21 horas e as consultas são  no IMAIP - Hospital Isabel Cristina, antiga Policlínica Maternidade.

O serviço é composto por atendimento multidisciplinar, contendo 480 consultas médicas, 480 consultas de enfermagem, 360 consultas com nutricionista, 480 atendimentos de psicologia, 360 atendimentos de odontologia e 400 de fisioterapia mensais.

Segundo José Roberto Saraiva Ferreira, referência técnica em Saúde do Trabalhador do Município e Fiscal Sanitário, o projeto só atende as consultas primárias. Se houver algo que precise de mais especialidade, o paciente é encaminhado ao médico responsável.

Além das consultas primárias, o  projeto Hora do Trabalhador teve uma inovação que é a cota de exame preventivo de Câncer de Colo do Útero. Ao ser solicitado o exame, o paciente será encaminhado a um enfermeiro, que fará o procedimento.

O programa não oferece recepção de Urgência e Emergência. Caso precise,  deve procurar o pronto atendimento do município para um serviço apropriado. E se o trabalhador for diagnosticado com doença relacionada ao trabalho, o mesmo será encaminhado ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), para acompanhamento especializado.

 De acordo com Otávio Augusto Ramos Vieira, gerente administrativo do IMAIP, a ideia começou em outubro do ano passado,  foi fortalecida, reestruturada e agora, aberta gratuitamente ao público. “No inicio começamos com vinte atendimentos por dia e agora estamos com 50. Mas a expectativa é que as consultas cresçam e que o projeto possa ajudar a população”, completou.

O Projeto “Hora do Trabalhador” é gratuito e seu atendimento é de  terça a sexta, das 17 as 21 horas, no IMAIP, Largo Marechal Deodoro s/nº, Centro. 


Busca de Notícias