Anastasia entrega viaturas à PMMG


Em solenidade realizada ontem, dia 25, no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, o Governador Antônio Anastasia entregou 407 novas viaturas para a Polícia Militar, um investimento de R$ 16,9 milhões e que irá beneficiar 254 cidades. O 9º BPM, sediado em Barbacena recebeu dez viaturas. O prefeito Toninho Andrada foi representado no evento pelo Secretário de Governo, José Augusto Penna Naves, na foto ao lado do cabo Maik e o soldado Gregory, componentes do 9º Batalhão da Polícia Militar.

Na ocasião, o Governador ressaltou a necessidade de revisão da legislação penal para que a autoridade seja devolvida à ação policial. 'Há necessidade de apresentarmos sugestões ao Congresso para tornar a legislação mais apropriada ao momento atual. Quantos Prefeitos e Prefeitas que estão aqui não conhecem em suas cidades, independentemente de seu tamanho, casos de pessoas que são presas uma, duas, três, quatro, dez, quarenta vezes, mas são libertados pela benevolência da legislação penal. Há necessidade de nós fazermos a modificação desse quadro para se devolver a autoridade à ação policial', defendeu.

O governador Anastasia reafirmou a necessidade de investir, cada vez mais, em segurança pública. 'Se há quase 60 anos, Juscelino Kubitscheck lançou o seu famoso binômio para o Brasil, 'Energia e Transporte', nós sabemos que, hoje, poderíamos dizer que os temas fundamentais são Segurança e Saúde.

Ainda não resolvemos energia e não resolvemos transporte, e temos, agora, mais essas demandas de um país em desenvolvimento. Minas é o Estado que mais investe em segurança pública em relação ao seu orçamento, pelos indicadores do Ministério da Justiça. E a prova aqui está. São milhares de viaturas da Polícia Militar, Civil, do Sistema Penitenciário e do Sistema Socioeducativo entregues nos últimos dois anos', afirmou.

O Comandante da Polícia Militar, Coronel Sant'Ana, destacou que 'É uma entrega importante e significativa. É impactante pelo número de viaturas a serem entregues, mas afirmo que, mesmo com esse número expressivo, nós não conseguimos dimensionar o que essas viaturas produzirão entrando em operação com os policiais militares. O bem material é perceptível, é tangível, mas a sensação de segurança que nós tanto perseguimos, essa é intangível e imensurável. A nossa pretensão é que geremos segurança pública em todo o Estado', ponderou o comandante.


Busca de Notícias