Carna BQ surpreende público com apresentações de Blocos


Barbacena  continua em festa! O sábado de carnaval foi marcado por desfiles de blocos, alegria, fantasia, homenagens e muita marchinha para os foliões presentes. Além disso, a banda  “Sopros e Alegria” tomava conta do Coreto, na Praça dos Andradas, resgatando aquele carnaval com músicas típicas do evento.

O primeiro bloco a sair na Avenida XV de Novembro, no centro de Barbacena, foi “Recordar é Viver”. E de acordo com o organizador Ronaldo Braga, o grupo nunca teve um tema específico, pois sempre quiseram preservar aquela festa de anos atrás, que tinha Colombina e Pierrot. “Por isso que nossos carros alegóricos têm essa lembrança, achamos importante essa época do carnaval ficar no inconsciente dos jovens de hoje. Uma festa pura e de família, onde todos possam cantar e pular. Todo mundo cabe nesse bloco. Então nosso tema, na verdade, é alegria, confraternização e união acima de tudo”, explicou o organizador.

Com muita irreverência, o organizador fez a concentração do Bloco, junto a dois bares de times mineiros “concorrentes”, os mais tradicionais bares do Atlético e Cruzeiro. Segundo ele, foi de propósito, no carnaval tudo isso acaba. Ninguém sabe time de ninguém, não tem partido político, clube, enfim é um encontro feliz.

“O Bloco “Recordar é Viver”, há 14 anos, reune gerações, embalados aos belos sambas e marchinhas. Estou realizado e tenho certeza que todos que estão aqui, estão curtindo. Espero todos, novamente,  na segunda feira para “brincar carnaval”, disse Ronaldo Braga, fazendo um convite para mais uma apresentação do encontro.

Em seguida, o Bloco “Unidos do Sapé”, veio com o tema “Fantasia”. E para o diretor do grupo, José Américo da Silva, mais conhecido como Artuzinho, foi um assunto para colocar o  pessoal na rua. “Ficamos sem dinheiro e então, tivemos que improvisar, mas o resultado está lindo e vamos para a avenida trazer a alegria”, completou.

O samba enredo do bloco, foi feito em grupo, explica Joaquim Américo da Silva, popularmente, Nem. “Fizemos um samba no sentido de amor, amizade e alegria. É o que pretendemos colocar para todo público na avenida. O nosso tema é “Vem Brincar”, explica Nem.

Com os olhos de lágrimas e muito emocionada em ver a comunidade na avenida, Flávia Eliza Araújo, professora, ressalta que está tudo lindo, “Conheço muitas pessoas da comunidade e vejo a alegria deles, das crianças que estão desfilando e das famílias que vem unidas, brincando e dançando. Barbacena precisava disso. Amo marchinhas, pra mim, não existe nada melhor. Trouxe meus filhos para aprender e que assim, não caia no esquecimento. Eles tem que aprender que carnaval, é uma festa de alegria e não de tristeza e brigas”, disse a professora.

Logo após, com muitas panteras, bichos, charme, até mesmo embaixo de chuva, chega o Bloco “Cenário da Alegria”, com o tema sobre natureza, mostrando que a conservação ainda é a alma de tudo. “Sair com o bloco é a maior alegria do mundo, já faz parte da minha vida. Todo ano estou na avenida, me divertindo e pulando com o pessoal de Barbacena. É o que me dá prazer”, explicou a organizadora do Bloco, Ângela Kilson.

Com problemas técnicos, em cima da hora, um carro do “Cenário da Alegria”, não pode sair. “Infelizmente estamos sem nosso carro alegórico, mas estamos aqui, com nossa animação e só nossa alegria, faz com que nosso bloco fique mais bonito”, completou Ângela.

A última a desfilar na avenida, foi a tricampeã do carnaval 2013, “Unidos do Santa Efigênia”, que fez uma super homenagem ao mestre de bateria, Marcinho, falecido há pouco tempo.

Segundo Silvanil Jesus de Oliveira, presidente do grupo, o tema é todo em consideração ao saudoso mestre de bateria, “Brilha no Céu mais uma Estrela”. “Estamos desde novembro arrumando tudo, não deixando nenhum adereço de lado. Cada ano que passa, queremos que ele fiquei ainda mais bonito. Se Deus quiser, ainda seremos uma escola de samba”, orgulho-se o presidente.

No lugar do homenageado Marcinho, ficou Jederson Henrique Costa que explicou a responsabilidade de entrar no lugar de uma pessoa tão querida pelo grupo. “A minha responsabilidade ficou ainda maior. Depois que o Marcinho faleceu, me colocaram no lugar dele e hoje estamos homenageando o grande homem e profissional que foi. É um peso muito grande. Mas mesmo assim, me sinto honrado por ocupar um lugar tão especial”.

Nos intervalos dos blocos, quem fazia a festa dos barbacenenses era a banda “Sopros e Alegria”, contagiando com as mais badaladas marchinhas e músicas de época. Luciano Chartoni, responsável pelo grupo disse que é o segundo ano que fazem o Carna BQ. “É uma alegria muito grande fazer parte dessa festa tão bonita. Vamos apresentar todos os dias”, afirmou.

E para hoje, a banda promete fazer uma surpresa especial para todo público presente. “Vamos fazer uma super apresentação, venham até o Coreto, às 19hs, muita gente vai se emocionar”, disse Luciano, convidando os foliões do Carnaval de Barbacena.


Busca de Notícias