Chuva acalma ânimos e fecha Pan Americano de Barbacena


Última e mais esperada prova do dia foi um misto de disputa e garra. A Competição Elite Masculina de Cross Country (XCO), foi chamada de vulcânica pelos organizadores que assistiam a prova.

Sempre com uma dificuldade a mais, os atletas dessa modalidade fariam sete voltas no circuito e um start looping (volta na área pavimentada do Parque de Exposições), colocando os músculos, técnicas e principalmente as pernas para trabalhar.

Participaram desta prova 40 competidores do Brasil, Estados Unidos, Argentina, Canadá, Colômbia, Chile, Equador, México, Venezuela, Uruguai e Guatemala.

Entre os favoritos, estava o campeão olímpico, Henrique Avacinni. O competidor ficou na disputa com a Colômbia, Canadá e Estados Unidos, mas devido a problemas com a roda traseira, perdeu aproximadamente dez posições e o sonho do Pan terminar com podium brasileiro, acabou.

Mesmo com muita chuva, quem saiu melhor nessa foi o americano Stephen Ettinger. “Esta chuva foi perfeita, deu para refrescar e reanimar para que conseguisse o primeiro lugar”, explicou Ettinger.

O canadense Raphael Gagner disse que o terceiro lugar está ótimo. “Estou está ótimo. Estou competindo com os melhores da categoria, subir ao podium é maravilhoso”, contou o bronze.

Já o colombiano, prata da competição, Fabio Castanheda, explica que a chuva veio numa hora boa, pois acalmou os nervos e deu mais disposição para terminar a prova. “Essa chuva é show, o visual ficou ainda mais bonito. Deu mais gás para que terminasse a prova com fôlego de sobra”, disse Castanheda.

O resultado da Competição Oficial XCO Elite Masculina:
1° - Stephen Ettinger – Estados Unidos
2° - Fabio Castanheda – Colômbia
3° - Raphael Gagne - Canadá


Busca de Notícias