Iniciativa Ser Mulher promove evento beneficente
Mulheres pela Paz” tem apoio da Prefeitura de Barbacena e ajudará mulheres que sofrem violência doméstica


Violência Doméstica. Este é o principal tema da campanha “Mulheres pela Paz”, de iniciativa do “projeto Social Ser Mulher”, que realizou o evento beneficente “Happy Hour Solidário”, na última quinta-feira (24), no Alcas Buffet, quando foi lançado oficialmente o Projeto. A ideia será promover uma articulação em prol da questão, apresentando colaboração através de ações concretas. A campanha é apoiada pela Prefeitura de Barbacena e o evento contou com cerca de 450 pessoas.

A iniciativa consiste em sensibilizar toda a população sobre os altos índices de violência doméstica contra a mulher em Barbacena. A coordenadora do projeto, Paula Andrada, ressalta sua importância para a população. “A nossa “Iniciativa Social Ser Mulher”, nesse ano de 2014, pesquisou e fez um diagnóstico sobre as questões da mulher em Barbacena. O índice que mais nos chamou atenção, foi a relação de violência doméstica, na cidade. Então nosso primeiro passo foi apresentar o projeto “Mulheres pela Paz”, que vai desenvolver um trabalho voltado para a mulher que sofre agressões em casa”, explicou.

O evento foi todo decorado pelas madrinhas, que puseram a mesa de chá ao seu modo. Para Áurea Fortes Feres, participar de um evento beneficente deste porte é ter certeza que está fazendo a coisa certa. “Ser mulher é muito difícil. Mas, estamos trabalhando com o certo. Estou feliz, lisonjeada e apoiando a iniciativa feita pela Paula”, disse Áurea.

Já Suria Bittar de Castro descreve a iniciativa de aliviar o sofrimento de quem enfrenta a violência doméstica. “Eu achei excelente este projeto. Além de arrecadar recursos para a campanha “Mulheres pela Paz”, reforça a todos que estão aqui, um sofrimento que é transmitido pelo silêncio”.

Além de madrinhas e equipe organizadora, a coordenação pretende montar uma rede de suporte ao apoio à sociedade e contar ainda com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público e Defensoria Civil. “Queremos fazer um trabalho conjunto. Um grupo onde essa mulher tenha apoio, espaço físico e atendimento psicológico, jurídico e social. Nosso objetivo é trabalhar pela melhoria da qualidade de vida dessa mulher que sofre violência doméstica”, explica Paula Andrada.

O Prefeito Toninho Andrada, presente na solenidade, afirmou que a Prefeitura dará todo suporte necessário para o sucesso do empreendimento. “É uma iniciativa muito importante a favor das mulheres que precisam de acolhimento. A iniciativa “Mulheres pela Paz” vai ajudar o poder público a cumprir esse papel e a Prefeitura também está inteiramente apoiando o projeto e dará a estrutura cabível para ajudar a população de Barbacena”, afirmou ele.

 


Busca de Notícias