Reunião define realização de Seminário Regional Sobre o Rio das Mortes
A finalidade do evento é criar um fórum intermunicipal permanente sobre o Rio das Mortes e sua preservação


Foi realizada ontem, dia 21, na Prefeitura de Barbacena, uma reunião preparatória para o Seminário Regional do Rio das Mortes que acontecerá nas cidades de Barbacena e São João del Rei, no início do mês de junho. Segundo o prefeito Toninho Andrada, a intenção é “estabelecer um diálogo permanente entre os municípios cortados pelo Rio das Mortes, em busca de soluções conjuntas, pois o rio é o principal manancial da região”. 

O Seminário também buscará apresentar uma proposta de aproximação dos municípios por meio de um fórum permanente que vai definir uma agenda conjunta de ações em prol da conservação e aproveitamento sustentável desses recursos hídricos. Para a Vice-prefeita e Secretária de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade de São João del Rei, Maria Cristina Alves Pereira, “há vários marcos regulatórios na área ambiental que deverão ser assumidos pelas cidades e todos devem se preparar para atende-los. É hora de se estabelecer maior interlocução entre as cidades e seus agentes públicos e da sociedade civil”.

A reunião preparatória contou com a presença do prefeito Toninho Andrada, do secretário-Chefe da Casa Civil, José Augusto Penna Naves, do vice-presidente adjunto da AGIR, Edson Brandão, dos Diretores de Meio Ambiente e Integração Regional e Marketing, respectivamente Sergio Grossi, Fred Furtado e Bruno Simões Coelho, representando Barbacena. De São João del Rei vieram, a vice-prefeita e secretária, Maria Cristina Alves Pereira, o Superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Paulo Cesar Giarola, o Superintendente de Cultura  Ulisses Passarelli. Representou a cidade de Santa Cruz de Minas a Diretora de Cultura e Turismo Betânia Resende. A AGIR vai anunciar na semana que vem a programação geral do Seminário.


Busca de Notícias