Prefeitura adere ao “Plano Juventude Viva”
O projeto trabalhará com a perspectiva de prevenção à violência contra a juventude negra e combate ao racismo


A Prefeitura de Barbacena, através da Secretaria Municipal do Sistema de Integração Governamental para a Promoção Humana – SIGA aderiu ao Plano Juventude Viva, do Governo Federal. Os documentos relativos à participação do município foram protocolados no Ministério de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e da Juventude, em Brasília, na sexta-feira, dia 11, pelos gerentes municipais de Igualdade Racial, Angelo Sátyro, e da Juventude, Hendryws Cimino, da SIGA. O documento havia sido assinado pelo executivo municipal no dia 5 de junho.

O “Plano Juventude Viva” trabalhará com a perspectiva de prevenção à violência contra a juventude negra e combate ao racismo através da conscientização das sociedades pública e privada, ou seja, de toda a população, da  existência histórica do racismo e suas consequências sociais e por isso a necessidade de combatê-lo, visando desta forma a inclusão da população negra jovem compreendida entre a faixa de 15 e 29 anos em estado de vulnerabilidade social, tais como pobreza, assassinatos, desempregos, baixa escolaridade, e condições de habitação e lazer.

Agora, para a real implantação do Plano em Barbacena, O próximo passo para a implantação do Plano em Barbacena é a criação do Comitê Gestor e reunir diversas secretarias municipais, os conselhos municipais de Promoção da Igualdade Racial e também da Juventude, a sociedade civil e vereadores das Comissões da Juventude e da recem-criada Comissão Permanente de Igualdade Racial afim de designar os pontos focais do Plano, onde se evidenciará as  áreas ou bairros mais vulneráveis para o início dos trabalhos, através da criação dos Núcleos de Articulação Territorial.

“A Adesão ao Plano Juventude Viva, só foi possível graças ao empenho da atual gestão municipal ao criar as Gerências Municipais da Juventude e da Igualdade Racial, além da reestruturação dos Conselhos da Juventude e da Igualdade Racial. “Recebemos um ofício do Ministério parabenizando o prefeito Toninho Andrada pelo projeto e por participar de um plano que só trará benefícios para a cidade. O Plano Juventude Viva vai ajudar muitos jovens de nossa cidade que estão seguindo o caminho errado em sua vida a ter uma vida mais digna”, destacou Ângela Kilson, secretária Municipal do Sistema de Integração Governamental para a Promoção Humana.

É importante destacar que entre todos os municípios mineiros, apenas 71 estão totalmente de acordo com as prerrogativas legais para poder fazer convênios com o governo federal, sendo Barbacena um destes 71. Desta forma Barbacena se consagra como pioneira e vanguardista na Luta de Combate ao Racismo, às Desigualdades Raciais e na Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra. 


Busca de Notícias