Concerto do violinista polonês JerzyMilewski abre as comemorações do aniversário de Barbacena
Evento cultural na Matriz da Piedade também homenageia os 120 anos de nascimento do compositor clássico barbacenense Flausino Vale


Na próxima sexta-feira, dia 8 de agosto, às 20 horas, a igreja matriz de Nossa Senhora da Piedade, considerada o marco inicial da formação do arraial que deu origem à cidade de Barbacena, será o cenário para a apresentação do concerto Tributo a Flausino Vale. O evento é uma organização da Prefeitura Municipal, através da Agência de Desenvolvimento Integrado de Barbacena e Região - Agir. Além de abrir as comemorações dos 223 anos da cidade, o evento faz, por meio do violinista polonês JerzyMilewski, uma oportuna homenagem ao compositor e músico barbacenense FlausinoRodrigues Vale (1894-1954), considerado por Heitor Villa-Lobos, “o Paganini brasileiro”, pois o célebre autor das Bachianas comparava o músico mineiro ao grande  violinista italiano. Feliz por reencontrar Barbacena, Milewski afirma que tocar em uma das igrejas coloniais mais antigas de Minas Gerais é um privilégio. Outro motivo de satisfação é o fato de que há 20 anos atrás, no primeiro governo do atual prefeito Toninho Andrada, foi lançado um disco com músicas de Flausino interpretadas por Milewski. “Tenho grandes saudades de Barbacena e eterna gratidão ao Andrada por ter investido na divulgação da obra de Flausino. Foi um disco histórico, o primeiro CD produzido em Barbacena”, relembra o maestro.

SuiteFlausino Vale

Acompanhado da pianista Aleida Schweitzer, JerzyMilewski fará uma suíte especial com obras de Flausino, porém também acrescentará parte de seu vasto repertório com Francoeur-Kreisle, Mozart, Villa-Lobos, Dvorak e até uma composição popular de Gershwin, do musical da Broadway,PorgyandBess. “Este concerto em Barbacena é um aquecimento para a excursão que faremos ainda neste mês para a Ásia”, informa o músico. Integrando o Projeto Música nos Museus, o Duo Milweski embarca no dia 12 de agosto para o Vietnam, a convite da Embaixada brasileira, onde fará uma série de apresentações, que incluem, é claro, Flausino Vale.

O concerto Tributo a Flausino Vale é uma promoção da Prefeitura de Barbacena e AGIR, por meio da Diretoria de Cultura e Turismo e tem entrada franca.

Aleidaschweitzer - Piano

Natural de Santa Catarina, após seus estudos no Rio de Janeiro, aperfeiçoou-se no Conservatório Real de Amsterdam, Holanda e na Academia de Música de Varsóvia, Polônia.  Como camerista, atuou ao lado de nomes ilustres mundialmente conhecidos, como Jean Pierre Rampal, ChiristinaWalewska,  Boris Pergamenshikov, AnatoleKrastev, entre  outros,  tendo sido premiada como a melhor acompanhadora do ano,  no Rio de Janeiro.  Foi professora na Uni-Rio, da UFES (Espírito Santo), de Seminários de Música Pró-Arte (RJ) além de ministrar master classes em várias universidades norte-americanas.

Fundadora de inúmeros corais em Santa Catarina e no Paraná, tendo sido titular de regência do Coro da Pró-Arte - RJ, também recebeu das mãos de John Rockefeller IV, a medalha 'West Virgínia Ambassadorof Music AmongAll People'. Em 1984, o governo polonês igualmente lhe concedeu a medalha da Ordem do Mérito da Cultura Polonesa.

Participa de quase toda a obra fonográfica de JerzyMilewski, além de ter gravado um CD com os concertos de Bach, para piano e orquestra, com a Orquestra de Câmara Amadeus, na Polônia, sob a regência de AgnieszkaDuczmal, a primeira maestrina a reger uma orquestra do tradicional Scala, de Milão.

 

Jerzy Milewski - Violino

Nascido em Varsóvia, na Polônia e vivendo no Brasil desde 1971, JERZYMILEWSKI  possui o título de 'Magister ofArts',  da Academia de Música de Varsóvia. Condecorado pelo governo polonês com a Medalha HenrykWieniawski por serviços prestados à  cultura  e  agraciado nos Estados Unidos, com o título de 'Embaixador Mundial de Música para todos os tempos'. Sua interpretação de 'As Quatro Estações', de Vivaldi, é considerada pela crítica especializada como uma das melhores já gravadas em violino. No Brasil, foi responsável também pela divulgação da obra de FLAUSINO VALE em apresentações feitas em todo o Brasil e exterior.

Flausino Vale

Flausino Rodrigues Vale, compositor e violinista mineiro, nasceu em Barbacena no dia 6 de janeiro de 1894. Viveu em Belo Horizonte a maior parte de sua vida, até sua morte em 1954. Professor, advogado, pesquisador de cultura popular, Flausino foi um violinista sui-generis, por ser autodidata foi inovador na execução do instrumento e na composição. Ele era exímio intérprete de Bach e Beethoven. Como um 'Guimarães Rosa da música instrumental', criou seu próprio vocabulário musical. Compôs 26 prelúdios só para violino cujos títulos valorizam a cultura popular do Brasil. Sua obra é pouco divulgada no Brasil, mas executada no mundo inteiro por grandes músicos como o lituano JashaHeiftz, considerado um do smaiores violinistas do século XX.


Busca de Notícias