Barbacena realiza Seminário sobre alfabetização e letramento
Evento reuniu profissionais ligados ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa


A Prefeitura de Barbacena, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu no último sábado, 09, o “Seminário do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC): Alfabetização e Letramento”. O objetivo foi reunir professores alfabetizadores e demais profissionais ligados ao processo de alfabetização, para ampliar conhecimentos e a diversidade na educação, interpondo a aprendizagem da matemática. 

O evento contou com a participação do secretário municipal de Educação e Desporto, Fernando Antônio Mont’Avão do Prado, as palestrantes Andréa Borges Medeiros e Rachel Gomes Lau, que representaram o PNAIC da Universidade Federal de Juiz de Fora, a coordenadora do PNAIC de Capela Nova, representando as demais coordenadoras do PNAIC, Clera de Faria Barbosa Cunha, e a professora convidada para apresentação do trabalho em Barbacena, Luiza Bernadete Aparecida Rodrigues Campos.

A programação se estendeu por todo o dia, contando com a apresentação do Coral de Libras da Escola Municipal Embaixador Martim Francisco (CAIC) e do Grupo de Teatro da Escola Municipal Antônio Mariano junto à comunidade do município de Ressaquinha, para apresentar a experiência educacional que resgata a cultura local.

Durante o evento, a palestrante Andréa Borges Medeiros, mestre em educação pelo PPGE/UFJF e coordenadora pedagógica de uma escola pública da rede municipal de ensino em Juiz de Fora, proferiu a palestra “Quem é o outro?”. Em seguida, a palestrante Rachel Gomes Lau, mestre em educação pela Universidade Federal Fluminense e professora da Escola Municipal José Calil Ahougi, professora-tutora do curso de Formação Continuada de Professores nos Anos Iniciais/Pró-Letramento e tutora presencial da Universidade Aberta do Brasil(UAB) no curso de Pós-graduação em Práticas de Alfabetização, da Universidade Federal de São João Del Rey, abordou o tema “A Construção da Memória”.

No período da tarde, os participantes do Seminário visitaram a sala de exposição de jogos matemáticos voltados para inclusão.

Segundo o secretário municipal de Educação, Fernando Prado, “o objetivo do PNAIC é assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade ao final do 3º ano do ensino fundamental”.

A formação continuada de professores tem sido compreendida como um processo permanente de aperfeiçoamento dos saberes necessários à atividade profissional e é uma forma de assegurar um ensino de melhor qualidade e garantir uma aprendizagem aos educandos, por meio da reflexão crítica sobre a prática pedagógica, num movimento ação-reflexão-ação. 


Busca de Notícias