Atendimento no Creas nos seis primeiros meses de 2014 foi maior que um ano da gestão passada
O trabalho desenvolvido no Centro pela Prefeitura é voltado a crianças, jovens, adultos e idosos


O Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas tem como objetivo o resgate da família, potencializando sua capacidade de proteção aos seus membros, atendendo crianças, adolescentes, idosos, mulheres e jovens em cumprimento de medida socioeducativa ou qualquer pessoa que tenha sofrido violação de seus direitos. Em Barbacena, o Creas é vinculado à Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Coordenação de Programas Sociais - Secops. Neste ano, já foram contabilizados, apenas dos primeiros seis meses, 294 atendimentos no município. Em comparação aos últimos doze meses da gestão passada, 284 atendimentos, os números revelam uma atuação mais eficiente do atual governo.

Para a realização dos atendimentos sociais especializados, a Prefeitura dispõe de uma equipe  composta por 15 profissionais, sendo coordenadora, a psicóloga Kennya Rodrigues Nezio Azevedo. A equipe é formada ainda, por mais quatro psicólogos, dois assistentes sociais, um advogado, quatro abordadores sociais, dois auxiliares administrativos e uma auxiliar de serviços gerais.

Com relação à demanda de atendimento, ela pode ocorrer espontaneamente ou por denúncias direcionadas ao Disque Direitos Humanos; pelos Centros de Referência de Assistência Social; pela Polícia Militar ou Polícia Civil; pelo Sistema de Garantia de Direitos (SGD), tais como o Judiciário, o Ministério Público, o Conselho Tutelar e a própria Sociedade Civil, entre outros.

Segundo a secretária da Secops, Rita Candian, “além das intervenções psicossociais, o Creas realiza ações de mobilizações in loco direcionadas ao público do serviço, consideradas de prevenção à violação de direitos, identificação dos casos e divulgação de informações sobre o acesso aos direitos socioassistenciais”. Ela disse ainda, “que neste ano, com o objetivo de otimizar as ações do Creas,  “aconteceram mobilizações de destaque como a “Ação programada: Campanha do Dia Internacional da Mulher”, a II Campanha Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-juvenil e ainda a promoção de três cursos de capacitação para os profissionais da rede de atendimentos da Saúde, Educação e Assistência Social, que foi finalizado com uma palestra acompanhada por 378 pessoas”.

 

Serviços

O Creas Barbacena, que funciona no prédio do Angelina Ferreira, executa atendimento para vários tipos de violação de direitos. Os serviços executados são: enfrentamento à violência, abuso e exploração sexual de crianças, adolescentes e seus familiares; serviço de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários; serviço de proteção especial par pessoas com deficiência, idosos e suas famílias; trabalho infantil; serviço de proteção à mulher vítima de violência doméstica; serviço especializado de abordagem social (atendimento à população de rua e/ou migrante, exploração sexual, entre outros); serviço de proteção social a adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em Liberdade Assistida - LA ou de Prestação de Serviço à Comunidade - PSC.

 


Busca de Notícias