Prefeitura melhora e amplia atendimento nos Cras
Somente no Cras São Pedro número de famílias referenciadas quase dobrou em relação à gestão anterior


Importante instrumento de proteção à família, o Centro de Referência de Assistência Social - Cras vem contabilizando números positivos no atual governo municipal em Barbacena. Somente no Cras São Pedro, o número de famílias referenciadas chega a 1608, quase o dobro do último ano da administração passada, em 2012, quando a conta era de 817 atendimentos. E foi a partir também da atual gestão municipal que o Cras Nova Cidade foi desmembrado do Núcleo de Assistência à Criança - NAC, assim como determina a lei, contabilizando hoje 783 famílias cadastradas.

Os dados positivos vêm ao encontro à política social desenvolvida pela gestão do prefeito Toninho Andrada, que tem dado prioridade às ações sociais no município, uma vez que ele herdou da gestão Danuza uma situação bem negativa nesta área. “O social é uma de nossas principais preocupações. Desde o início de meu governo determinei que o setor fosse priorizado e incrementado, a fim de atender melhor e mais pessoas”, disse o prefeito.

Segundo a secretária Rita Candian, em Barbacena, o Cras é vinculado à Prefeitura, à sua pasta, Secretaria Municipal de Coordenação de Programas Sociais. Ela disse ainda que “o Cras é o órgão responsável para que a proteção social se aproxime da população, reconhecendo a existência das desigualdades sociais interurbanas, com políticas sociais para reduzir as desigualdades. O centro também previne situações de vulnerabilidade e risco social, identificando e estimulando as potencialidades locais, modificando a qualidade de vida das famílias que vivem nas localidades”.

Com relação às ações em Barbacena, o Cras São Pedro conta atualmente com 422 matrículas ativas e 296 famílias atendidas nos bairros São Pedro; Santa Efigênia; Novo Horizonte; Água Santa; Guarani; Caminho Novo; Pontilhão; Santa Luzia; Pinheiro Grosso; Senhora das Dores; Santo Antônio; Passarinhos; São Francisco; Margaridas; Correia de Almeida.

Já o Cras Nova Cidade atende atualmente 330 pessoas, em suas oficinas e grupos, dos bairros Nova Cidade, Nova Suíça, Ipanema, Andaraí, São José, Boa Vista, Penha, Caiçaras, Vilela, Cabana da Mantiqueira e Jardim das Alterosas, entre outros bairros que não possuem cobertura específica.

No Cras São Pedro são oferecidas oficinas de artesanato reciclável; bordado, crochê, decoração de chinelos, trabalhos com retalhos e couros, materiais de decoração e customização de roupas; artesanato de pintura em tecido, seda e captone; molde; corte e costura; e ainda o grupo “Vivendo e Aprendendo”, ginástica, capoeira, recreação, escolinhas de futebol, balé e “Juventude Pensante”.

No Cras Nova Cidade, as atividades desenvolvidas são artesanato adolescente, artesanato e cultura para idosos, futebol, vôlei, recreação esportiva, recreação infantil, manicure adulto e adolescente, bordado, crochê, bordado em almofada, bordado em colcha, “Cultura e Cidadania” para adolescentes, teatro, grupo de idosos “Vivendo e Aprendendo”, grupo de gestantes, grupo “Mulheres em Movimento”, grupo de adolescentes e de meia-idade. Além das atividades que ocorrem dentro do Centro, faz também acompanhamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Confraria das Mães Cristãs, Instituto Beneficente Padre Mestre Correa, Obras Passionistas São Paulo da Cruz, Associação Creche-Escola Irmãos do Caminho, Instituto Onda Gomes, Coral Araujo, Instituto Mauro e Alcides Ferreira e Instituto Maria Imaculada - Inspetoria Madre Mazzarello.


Busca de Notícias