Caminhada conscientiza barbacenenses sobre o trânsito
O encontro contou com alunos das redes municipal, estadual e particular


A Prefeitura, por meio da Subsecretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana numa parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Desporto e a Polícia Militar realiza a Semana Nacional do Trânsito, de 18 a 25 de setembro, com o tema “Cidade para as pessoas - Proteção e prioridade ao pedestre”. E nesta terça-feira, dia 23, foi realizada uma caminhada pela paz no trânsito, que contou a participação de alunos de 13 escolas das redes municipal, estadual e particular, começando da Praça do Rosário e finalizando na Praça dos Andradas.

Durante todo percurso da caminhada, os alunos exibiram faixas sobre a conscientização e respeito no trânsito. Um carro de som apresentava atitudes corretas a serem adotadas por motoristas, caronas e pedestres. Na Praça dos Andradas, o final do evento foi ao som da professora de música Tamyres Brandão e seus alunos de violão e canto.

Gerente de Educação do Trânsito da Sutram, Cida Flores falou de objetivos propostos com a realização do evento: “A gente quer conscientizar a população de Barbacena, nesta Semana Nacional do Trânsito, da importância de obedecer as leis, o que muitas vezes não acontece. Através da manifestação, com as crianças, mostramos a importância da educação no trânsito, obedecendo faixas de pedestres, o sinal, os motoristas usando cinto de segurança”.

Já a diretora da Escola Municipal Padre Sinfrônio, Zaine Curci, destacou a importância da participação das crianças na caminhada: “A importância, ela é enorme, a partir do momento que as crianças têm oportunidade de sair do cotidiano, trazer o conhecimento que é transmitindo para eles em sala de aula para a prática. É a vivência aliada a prática. Isto é muito importante, porque o aprendizado torna-se mais eficiente”.

A Semana Nacional do Trânsito, prevista na Lei Federal 9.503, de 23 de setembro de 1997, tem por finalidade conscientizar a sociedade, com vistas à internalização de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a “valorização da vida”, focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.


Busca de Notícias