Defesa Civil e Corpo de Bombeiros realizam ação conjunta
Trabalho de prevenção leva informação e mapeia pontos críticos


As famosas “águas de março” têm causado preocupações a autoridades e à população, com chuvas fortes e acompanhadas de raios e trovões. Em Barbacena, um trabalho conjunto do Corpo de Bombeiros e a Prefeitura, através da Defesa Civil Municipal, chamado de “Operação Alerta Vermelho”, é responsável pela visita a moradores que moram em área de risco, levando informações sobre prevenção de acidentes e mapeando imóveis em pontos considerados críticos, por causa de enchentes, deslizamentos de encostas, queda de muro e de árvores.

Na última quinta-feira, dia 19, o trabalho foi concentrado nos bairros Santa Maria, 9 de Março e João Paulo II. Treze homens do Corpo de Bombeiros e três da Defesa Civil Municipal visitaram residências, conversaram com moradores e entregaram panfletos com medidas de prevenção. O trabalho está sendo realizado também no bairros Novo Horizonte, Santa Luzia, Nova Cidade, São Pedro, Monte Mário, Monsenhor Mário Quintão, Nossa Senhora Aparecida, Nova Suíça e Funcionários.

Responsável pela coordenação do trabalho, por parte do Corpo de Bombeiros, Tenente Tomaz destaca a importância da prevenção: “A ideia deste programa 'Operação Alerta Vermelho' é orientar os moradores sobre os pontos de risco em cada bairro. Eu trabalho sempre com a tese de que 'acidente acontece onde a prevenção falha'. Assim, estamos realizando este trabalho na tentativa de evitar acidentes”.

O coordenador interino da Defesa Civil Municipal, subcomandante da Guarda Municipal Itamar, tem acompanhado de perto o trabalho nos bairros. “Estamos atuando no trabalho de prevenção e orientação junto à comunidade, com a entrega de informativos, indo de casa em casa. O que podemos observar é que alguns moradores fazem suas residências em área de risco”.

Ao receber visita do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, a dona de casa Rosana Cristina, que é moradora do bairro Santa Maria, aprovou o trabalho que vem sendo realizado: “A gente fica mais tranquilo com as orientações. Moro aqui do lado do rio e já vi a casa da minha vizinha ser invadida pelas águas durante uma chuva forte. Este trabalho é bom evitar problemas”.


Busca de Notícias