"Consultório na Rua" leva saúde e orientação a moradores
Prefeitura atende cerca de 22 pessoas por dia com atendimento personalizado


Um provérbio conhecido e muito utilizado diz que “Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai até Maomé”. E um projeto desenvolvido pela Prefeitura de Barbacena, através da Secretária Municipal de Saúde Pública (Sesap), tem este perfil. Com uma equipe formada por cinco profissionais da área da saúde, o programa “Consultório na Rua” atende a população em situação de rua, migrantes e pessoas com foco no enfrentamento ao álcool e drogas. Ou seja, leva atendimento a quem, principalmente por problemas de ordem social, não vai aos locais destinados aos cuidados com a saúde. O programa é desenvolvido pelas prefeituras que aderiram ao projeto do Governo Federal. Em Barbacena, desde março de 2014, o programa recebeu o nome de Consultório na Rua e está ligado à Atenção Básica.

Os principais atendimentos na cidade são ligados ao alcoolismo e a drogas, mas também é realizado um trabalho de prevenção, como em casos de famílias que correm risco de serem dissolvidas e algum dos membros da mesma ter a possibilidade de passar a morador de rua. Atualmente, a equipe do Consultório na Rua do Município conta com cerca de 50 cadastrados e faz o companhamento diário de 22 pessoas.

A equipe do Consultório na Rua trabalha com uma dificuldade, pois toda pessoa tem o direito de querer ou não ser atendida. Nos casos de problemas com álcool e droga, quando a pessoa aceita se tratar, ela é imediatamente encaminhada ao CAPs. No caso de problemas de saúde, o atendido é encaminhado a uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

O coordenador do programa em Barbacena, o dentista Alexsander Augusto Silva, destaca o trabalho social realizado pelo Consultório na Rua. “É um programa de vital importância, pois atende pessoas excluídas e que se sentem excluídas. Com nosso trabalho, conseguimos integrar estas pessoas novamente à sociedade”.

A equipe do Consultório na Rua trabalha também em outros projetos, como ação social, combate à dengue e a tuberculose, entre outros. Além do coordenador Alexsander Augusto Silva, compõem a equipe de Barbacena a psicóloga Andreia Garcia Salino, a enfermeira Luciana Gonçalves de Souza e as técnicas de enfermagem Lídia Aparecida Vilela e Simone Rosa Fonseca.


Busca de Notícias