Epcar celebra 66 anos de criação
Solenidade contou com a presença de autoridades civis, militares e eclesiásticas


A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), um dos grandes símbolos do ensino em Barbacena, comemorou nesta quinta-feira (21) 66 anos de criação. Uma solenidade marcou a data na instituição, contando com a presença de autoridades civis, militares e eclesiásticas. Também participaram ex-comandantes e ex-alunos veteranos, incluindo a turma de 1950, muito aplaudida durante as comemorações.

O evento, realizado no Pátio da Bandeira, foi de muitas homenagens, com a entrega da comenda “Ordem do Nascente do Poder Aéreo”, conferida em dois graus: “Amigos da Epcar” e “Profissional”. Na ocasião, também houve a entrega da medalha “Tempo de Serviço” a militares que servem à instituição há mais de uma década.

O secretário Chefe da Casa Civil, José Augusto Penna Naves, representou o prefeito Toninho Andrada na cerimônia, que coroa o trabalho marcante da escola há mais de seis décadas. “É uma solenidade que mostra que Barbacena é realmente o nascente do poder aéreo. Uma festa brilhante que traz um congraçamento, com a presença de turmas como a de 1950. E, por esses 66 anos, nós só temos a cumprimentar à família Epcar, na figura do Brigadeiro Celestino Todesco”.

A emoção tomou conta dos ex-alunos. Muitos deles voltaram a se ver após décadas. José Roberto Coré, da turma de 67, foi um dos que ficaram emocionados ao voltar à instituição. “O ensino é forte e nos preparou não só para a Força Aérea, mas para o país. A gente percebe que a vibração é a mesma, a vontade de servir é a mesma e nós deixamos um legado, que é passado até hoje para os outros”.

Outro ex-aluno, Reny Ribeiro da Silva, representante da turma de 50, também destacou a sensação de retornar à escola e reencontrar antigos colegas. “A emoção é muito boa. Eu gosto muito. Sou mineiro, de Divinópolis, e cheguei aqui com 17 anos. Desde então, a Força Aérea entrou no meu sangue e eu sou Força Aérea e serei até os últimos momentos da minha vida”.

Em seu discurso, o Brigadeiro do Ar Celestino Todesco, comandante da Epcar, falou sobre as suas referências do passado e ressaltou a importância dos atuais alunos seguirem os bons exemplos. Ele também desejou que “esses 66 anos sejam uma bênção, onde um ajude o outro sempre. E que todos nós, essa é a minha principal mensagem nesta data, nos amemos para que possamos amar cada vez mais o nosso país”.


Busca de Notícias