Prefeitura está executando obras de saneamento na ordem de R$ 7,6 milhões
Projeto vai beneficiar cerca de 20 mil habitantes de 10 bairros

Construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Galego

Com orçamento de R$ 7.689.626,22, o projeto de construção de duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) em Barbacena está em execução e com parte das obras já concluídas. O programa beneficiará 10 bairros, atendendo cerca de 11 mil habitantes. Com a execução do projeto, a Prefeitura volta novamente a atenção para uma de suas áreas prioritárias: a Saúde. E, vale destacar que, segundo dados do Ministério das Cidades, “cada R$ 1 gasto em saneamento gera uma economia de R$ 4 na área da saúde”.

O prefeito Toninho Andrada solicitou ao Serviço de Água e Saneamento - SAS (antigo Demae) prioridade na continuidade dos trabalhos. “Trata de uma das mais importantes obras de saneamento já realizada no município. Nosso objetivo é diminuir o déficit neste setor e com isso melhorar a qualidade de vida da população, cuja ação tem efeito direto no setor de saúde. Por isso, determinei ao SAS que priorize a execução deste projeto”, destacou.

A ETE Bacia do Córrego do Galego inclui os bairros Nova Cidade, Distrito Industrial, Jardim das Alterosas, Nova Suíça, Ipanema e Quintas da Mantiqueira. No canteiro de obras da ETE do Galego já foi feita a locação de todas as unidades da Estação, além de parte da drenagem, terraplanagem e aterro no terreno. Também já foram executadas parte das redes interceptoras, que são paralelas à BR 040.

O projeto prevê, na obra da ETE do Galego, a construção de interceptor de esgoto às margens da BR 040 com extensão de 3 quilômetros, uma Estação de Tratamento com capacidade para tratar até 20 litros/segundo, redes coletoras nos bairros, proporcionando atendimento com capacidade para suportar a expansão populacional daquela região por 20 anos. Outro benefício será a despoluição do córrego Galego, velha reivindicação dos moradores e produtores da localidade.

Com relação a ETE do Retiro das Rosas, que beneficiará os bairros São Vicente de Paulo, Retiro das Rosas, Eucisa e parte do Monte Mário, já foi feita a locação do terreno onde será realizada a obra e foram executadas redes coletoras e parte das redes interceptoras.

Pelo projeto, a ETE do Retiro das Rosas, será contemplada com obras de redes coletoras e interceptores com extensão aproximada de 2,5 quilômetros, elevatórias e Estação com capacidade de tratamento de até 10 litros/segundo, também com capacidade de atender a expansão populacional da região por 20 anos.


Busca de Notícias