Prefeitura vai investir R$ 30 milhões em iluminação em 7 anos
Somente nos primeiros 12 meses serão investidos R$ 10 milhões em obras e serviços em todo o Município.

Prefeito Toninho Andrada assinou o documento do Plano Diretor de Iluminação Pública

Em solenidade na tarde de quinta-feira, dia 6, no Máster Plaza Hotel, o Prefeito Toninho Andrada apresentou o Plano Diretor de Iluminação Pública que garantirá investimentos de R$ 30 milhões em 7 anos. Somente nos próximos 12 meses serão investidos R$ 10 milhões cujos recursos já estão disponíveis para serem aplicados.

Na sua fala, Toninho explicou que ao assumir a gestão da iluminação pública a partir de janeiro de 2015, seu governo optou por elaborar um Plano Diretor que assegurasse investimentos com planejamento, qualidade e racionalidade, para assegurar a boa aplicação dos elevados recursos que passaram a ser geridos pela Prefeitura. Ele assinou Decreto determinando que o Plano apresentado seja disponibilizado por 10 dias no site oficial do Município para consulta pública, para que a população interessada possa apresentar sugestões para aperfeiçoá-lo. Está prevista, também, a realização de uma audiência pública, com o mesmo objetivo. Após o processo de participação popular, as sugestões e críticas pertinentes serão acolhidas e o Plano alterado para a sua versão definitiva. Em seguida ele será encaminhado à Câmara Municipal com o objetivo de ter normatização legal. “Não queremos apenas uma ação de governo, de partido ou grupo político. Nossa meta é garantir a perenidade do Plano como conquista da sociedade, para que ele possa ser apropriado pela população, como direito e não simples concessão política”, concluiu o Prefeito.

Na apresentação do Plano, foi demonstrada as deficiências do sistema de iluminação pública da cidade e o seu sucateamento com o passar dos anos. Também a falta de padronização e de critérios técnicos para atendimento das demandas ficou constatada. Com o Plano, todas estas demandas deverão ser corrigidas com a criação também de interlocução facilitada com os consumidores e contribuintes.

 


Busca de Notícias