3ª Conferência Municipal de Política para as Mulheres acontece em Barbacena
O evento teve como tema "Mais direitos, participação e poder para as mulheres"


Foi realizada na tarde desta quinta-feira, a 3ª Conferência Municipal de Política para as Mulheres. O evento coordenado pela Prefeitura Municipal de Barbacena foi realizado no auditório da Faculdade de Medicina, que obteve um grande público, formado por pessoas dos diversos setores da sociedade civil organizada, além de gestores públicos de vários órgãos estaduais e federais.

Para o prefeito Toninho Andrada, a Conferência tem uma importância singular, pois as discussões sobre a mulher no mundo contemporâneo que foram abordados na Conferência buscam consolidar propostas para a adoção de políticas públicas a nível municipal, estadual e federal, advindas da sociedade, dentro do tema “Mais direitos, participação e poder para as mulheres. A Conferência é um meio democrático de promover a participação e dar visibilidade às realidades e demandas das mulheres com suas diversas formas de pertencimento socioeconômico, técnico racial, geracional, territorial, de identidade de gênero, dentre outros colocados na pauta de discussões, concluiu o prefeito.

Segundo o Comandante da 13ª Região da Polícia Militar, Coronel Carlos Bratiliere. “A Polícia Militar se junta à causa para que possamos construir juntos o que é importante para a segurança e proteção da mulher em todas as atividades que elas desenvolvem”. Para o Chefe do 13º Departamento de Polícia Civil, delegado Carlos Capristano, “Parar para discutir esse assunto é muito importante e, através da 1ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Barbacena, nós temos participado ativamente da iniciativa”. Já o Presidente da OAB de Barbacena, Reynaldo Simões, destacou: “A OAB vê como de extrema importância um evento como esse, que torna possível sair com várias atitudes para melhorar não só a vida da mulher, mas a vida de todos”.

O Secretário Chefe da Casa Civil, José Augusto Penna Naves, presidiu a abertura da Conferência e destacou versos da musica “Maria Maria”, do poeta e cantor Milton Nascimento, palavras que o secretário considera um verdadeiro hino à força e à capacidade transformadora da Mulher. A subsecretária de Direitos Humanos e Movimentos Sociais, Irene Kilson, coordenadora do evento destacou que a Conferência é um importante passo para dar a visibilidade merecida às reivindicações femininas: ”Nós ficamos por muito tempo sofrendo discriminação e consideramos a representatividade ainda muito pouca. Quanto mais mulheres participando da vida econômica, cultural e política, melhor, porque podemos realmente fazer a diferença.”

Também compuseram a mesa solene de abertura: a Subsecretária de Saúde e Programas Sociais, Queila Cristina Machado Souza, que representou o Secretário de Saúde e Programas Sociais, José Orleans; o Delegado Regional, Colimar Braga Júnior a Delegada de Mulheres, Flávia Camargo Murta; os delegados Saulo do Prado Rodrigues e Fabrício Tavares, o comandante do 9º Batalhão Ten. Cel. Clóvis Pimenta, além da palestrante, a professora Márcia de Cássia Gomes, ativista dos direitos da Mulher que discorreu sobre os desafios do Sistema Nacional de Políticas para as Mulheres: subsídios e recomendações, dentre outros temas relativos aos eixos de debates, que abrilhantou a conferência com seus saberes e experiência, segundo a professora Irene Kilson. Após a palestra, os participantes foram divididos em grupos para o debate amplo sobre os eixos temáticos, incluindo a formulação de propostas para serem apresentadas na 4ª Conferência Estadual de Política para as Mulheres, a ser realizada nos dias 28 e 29 de outubro.


Busca de Notícias