Toninho quer rescindir contrato com a Copasa
Prefeito fez proposta oficial à Copasa para rescisão amigável do contrato de concessão

O prefeito Toninho Andrada reuniu-se na última segunda-feira (30), com os dirigentes da Copasa

Em reunião segunda-feira passada, dia 30, na sede da Copasa em Belo Horizonte, o Prefeito Toninho Andrada encaminhou proposta de rescisão amigável do contrato de concessão entre o Município e a Companhia estadual, o que daria novamente ao Serviço Municipal de Água e Saneamento – SAS o controle da totalidade dos serviços. O Prefeito reuniu-se com a Presidente da Copasa, Dra. Sinara Meireles Chenna, com o Diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Dr. Edson Monteiro e o Diretor de Operação Sul, Dr. Fred Ferramenta. Por cerca de uma hora eles debateram a matéria. A Copasa atua no Município desde 2008, quando toda a região noroeste da cidade passou ao seu controle, representando 40% do universo dos serviços. Na época, a região sofria com falta de fornecimento de água e diante da incapacidade financeira do antigo Demae em solucionar o problema, a área foi cedida à Copasa. O SAS atende atualmente 60% dos contribuintes do Município.

“Depois que recuperamos administrativa e financeiramente o SAS, a autarquia tem plenas condições de assumir os serviços atualmente prestados pela Copasa, restabelecendo o controle total do setor”, disse o Prefeito. Hoje, a área controlada pela Copasa necessita de novos investimentos no sistema de captação, e determinadas áreas já sofrem com constante falta de abastecimento de água. “Com as obras de ampliação da adutora de captação do Rio das Mortes pelo SAS, teremos água suficiente para suprir as demandas atuais e futuras. Além do mais, em razão do SAS ter toda a sua estrutura recuperada, a autarquia está apta a assumir a área da Copasa, sem maiores investimentos”, concluiu.

Com relação à indenização que o Município teria que pagar pela rescisão contratual à Copasa, o Prefeito afirmou que ela será perfeitamente “absorvida” pelas novas receitas que serão integradas. Toninho disse que as conversações foram mantidas em elevado nível, e que o seu objetivo é avançar na proposta num clima de negociação e de diálogo.


Busca de Notícias