84,3% dos barbacenenses sentem os efeitos da crise econômica brasileira
Pesquisa do Instituto UrbanData revelou, ainda, que 35,3% dos entrevistas consideram o desemprego o maior problema da cidade

A maioria dos entrevistados aponta o desemprego como o maior problema de Barbacena

Um total de 84,3% dos entrevistados pelo Instituto UrbanData afirmaram que estão sentindo os efeitos negativos da crise econômica que atinge o país. Um total de 6,6% disseram que sentem a crise em parte, e 8,2% responderam que não estão sentindo dificuldades com a crise. A pesquisa foi realizada no dia 28 de novembro abrangendo um universo de 635 entrevistados. A pesquisa ainda revelou como a população avalia alguns serviços públicos e as ações do governo municipal.

Para 12,1% dos entrevistados, o que mais os agrada em Barbacena é o clima serrano. Outros 11,3% apontaram a tranquilidade como o melhor fator da vida na cidade. Quando perguntado sobre o maior problema de Barbacena, um total de 35,3% respondeu que é o desemprego, seguido da saúde (31,0%).

Os serviços públicos municipais receberam boa avaliação da população. Veja no quadro abaixo os ítens pesquisados:


Busca de Notícias