Epcar encerra Programa que beneficia alunos de escola municipal
A cerimônia de encerramento contou com a presença do efetivo militar e civil e os familiares das crianças que participaram do rojeto

Em 2015 foram contemplados com o programa cerca de 100 alunos

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) encerrou as atividades do Programa Forças no Esporte (Profesp) que neste ano de 2015 contemplou cerca de 100 crianças e adolescentes com idade entre 7 e 14 anos, da Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale, localizada no bairro Ipanema. A cerimônia de encerramento aconteceu no final de novembro e contou com a presença do efetivo militar e civil e os familiares das crianças que participaram do projeto.

Durante abertura, foi realizada uma apresentação com as informações sobre as atividades realizadas ao longo do ano, os resultados alcançados, além de vídeos e depoimentos dos voluntários envolvidos no projeto, pais e professores. O Coordenador do programa na Epcar é o Major Capelão Paulo Lupércio Simões.

O projeto contemplou atividades esportivas e complementares nas instalações da Epcar, e contou com a estrutura de refeitório, salas de aulas, auditórios, laboratórios, ginásio poliesportivo, biblioteca, pátios e vestiários. E para cumprir os conteúdos esportivo e complementar do projeto,

a unidade disponibilizou seu efetivo civil e militar. No campo esportivo foram oferecidos futebol, atletismo, futsal, vôlei, orientação e basquete. Já na área complementar foram ministradas palestras sobre autoestima, motivação, etiqueta, valores éticos e morais, trabalho em equipe, bem como aulas de inglês, português, raciocínio lógico-matemático e informática. Ainda, foram oferecidos musicalidade, xadrez, artes, brincadeiras, capoeira, agroecologia, ordem unida, além de avaliação médica e atendimento psicopedagógico. O Propesp, desenvolvido pelos Ministérios da Defesa e do Esporte, tem como objetivo, através da prática esportiva e de atividades complementares, contribuir para inclusão social de crianças e adolescentes de áreas de riscos sociais. Para o ano de 2016 pretende-se aumentar para cento e cinquenta o número de jovens atendidos pelo programa na Escola Preparatória de Cadetes do Ar.


Busca de Notícias