Abarflores se transforma em Espaço Mercaflores, através de parceria com a Prefeitura
O local será dedicado a comercialização de rosas e flores de toda região

Representantes da Associação dos Distribuidores e Produtores do Centro de Abastecimento Municipal,vice prefeito, Mário Raimundo de Melo; Presidente da Associação Comercial e Industrial de Barbacena (ACIB), Flávio Dani Franco; Presidente do Sindicato Rural, Renato Laguardia, Secretário de Governo, José Francisco Vidigal e diretor de Fomento Econômico, Felipe Alvim

Visando aquecer o comércio de rosas e flores do município, foi realizado na manhã desta terça-feira (19), uma reunião para a assinatura da parceria entre a Prefeitura de Barbacena e a Associação dos Distribuidores e Produtores do Centro de Abastecimento Municipal da Prefeitura de Belo Horizonte (CAM). O encontro contou com a presença dos representantes do CAM, além do vice prefeito, Mário Raimundo de Melo; o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barbacena (Acib), Flávio Dani Franco; o presidente do Sindicato Rural, Renato Laguardia; secretário municipal de Governo, José Francisco Vidigal; e o diretor de Fomento Econômico, Felipe Alvim. Agora, a Abarflores será mantida pela CAM e passará a se chamar Espaço Mercaflores.

A Abarflores foi inaugurada no final de 2014 e repassada à Gestão Municipal a operação do Centro em maio de 2015. Desde então, a Prefeitura vem buscando parceiros para a exploração e operação do espaço. A partir de agora, a Associação dos Distribuidores e Produtores do Centro de Abastecimento Municipal (CAM) será responsável pela logística e comercialização das rosas e flores. O nome também será alterado para Espaço Mercaflores. Mário Raimundo acredita no sucesso da empresa, já que a região está repleta de produtores. “É uma grande parceria que vem sendo negociada há algum tempo e hoje, concretiza, colocando nosso centro de flores para funcionamento. É uma parceria com pessoas experientes e que já fazem isso, obtendo ótimos resultados. Temos certeza que irá funcionar para que a nossa cidade tenha a atenção dos consumidores. Atualmente, temos uma boa produção de rosas e flores, que é distribuída de forma individual, mas que através do centro de distribuição, será mais efetivo e impactante, procurando não apenas consumidores, mas também os produtores”, disse Melo.

O presidente da Associação dos Distribuidores e Produtores do Centro de Abastecimento Municipal da Prefeitura de Belo Horizonte (CAM), Flávio de Assis Vieira, disse durante a reunião que Barbacena sempre foi uma cidade referência em produzir rosas e flores de alto nível e que espera bons frutos para a população, produtores e Associação. “Sempre que falamos de Barbacena, lembramos que é a cidade das rosas e já notamos o nível da produção daqui, é muito animador. Queremos começar logo e que possamos fazer muitos negócios”. Flávio Vieira adiantou também qual será o primeiro passo dado. “Vamos organizar o local, com a estrutura e faremos uma loja de acessórios e começarmos a nossa divulgação para que as pessoas tenham conhecimento que o mercado estará funcionando, principalmente os decoradores, buffets e agência de eventos”, completou.

O presidente da Acib, Flávio Franco, ressalta o alcance de mercado com a nova parceria. “Nós vamos ter um impulso no mercado de flores e rosas de Barbacena, devido ao conhecimento que esta associação mineira está trazendo para nossa região. Acho que vai ser importante. E tudo aquilo que soma em favor para a economia do município, a Acib está presente. Esse é o nosso objetivo e nossa função: fomentar o crescimento e desenvolvimento econômico da cidade".

Já o presidente do Sindicato Rural, Renato Laguardia, vê a parceria com bons olhos e boas perspectivas. “É um leque que se abre. Esperamos que os nossos produtores associem a eles e que possam ter lucros. Eu parabenizo essa parceria ao poder público, poisserá ótimo para toda cidade”, disse.

“Nós buscamos estes investidores para que pudesse operacionalizar o local e fizesse com que o Mercaflores saísse do papel. Nossa ideia é transformar realmente a cidade das rosas, numa cidade que comercializa muitas flores. A busca desta associação para trabalhar em Barbacena, vai ser fundamental importância para concretizar o polo floricultor da cidade. Nossa expectativa é que gire a economia, gere emprego e que possibilite crescer cada vez mais. O grupo está muito animado e percebemos isso. E em breve, o Mercaflores sairá do papel e será um grande comercializador da nossa região”, completa o diretor de Fomento Econômico, Felipe Alvim.


Busca de Notícias