Prefeitura segue com as obras do projeto de mobilidade urbana
Secretaria de Obras com frentes de trabalho no Pontilhão, área central e Praça da Estação

Uma das frentes de trabalho estava concentrada na avenida Pereira Teixeira

Com objetivo de melhorar a vida de pedestres e motoristas, a Prefeitura de Barbacena iniciou, em outubro do ano passado, o projeto de mobilidade urbana, com orçamento de R$ 5 milhões. As obras continuam em andamento, porém, dependem das condições climáticas, uma vez que em caso de chuva o serviço acaba sendo prejudicado. Nesta segunda-feira, dia 15, os trabalhos da Secretária Municipal de Obras Públicas (Semop) estavam concentrados na avenida Pereira Teixeira, com alargamento de passeio para colocação de semáforo, na colocação de grades no terminal de ônibus urbano da Praça da Estação e no Pontilhão.

“Estamos conseguindo driblar a crise e manter os nossos projetos em andamento, prova disto é o investimento que está sendo feito agora, de R$ 5 milhões, na reformulação do trânsito, visando beneficiar a população, que já deu uma resposta positiva ao projeto. Tudo isso indica que estamos no caminho certo”, disse o prefeito Toninho Andrada, referindo-se também a pesquisa divulgada pelo Instituto UrbanData, no final do ano passado, em que 84,5% dos entrevistados classificaram a reformulação do trânsito como muito importante ou importante.

Com relação ao terminal de ônibus urbano da Praça da Estação, além da grade de proteção, o local também está sendo preparado para receber seis abrigos, de 3 metros cada um, totalizando assim 18 metros de abrigo para os usuários do transporte coletivo. Dentro do projeto de mobilidade urbana, Barbacena já recebeu 50 novos abrigos de parada de ônibus, através de parceria da Prefeitura com a empresa Cidade das Rosas. A iniciativa também contou com aprovação da população. Também na pesquisa do Instituto UrbanData, 92% dos entrevistados classificaram o serviço como muito importante ou importante.

“Nosso trabalho depende muito das condições climáticas, mas o projeto segue sendo executado. Temos frente de trabalho no Pontilhão e em pontos da área central. Também estamos trabalhando onde será instalado o terminal rodoviário urbano na Praça da Estação, com a colocação de grades de proteção. Tudo isto a segurança da população”, destacou o secretário municipal de Obras, Emiliano Campos.

As obras do projeto de mobilidade urbana começaram pela avenida Governador Bias Fortes, mas já podem ser percebidas pela população em vários pontos da cidade. Na área central, já foram instalados 30 mil metros de piso tátil, que tem como objetivo guiar o fluxo e orientar o direcionamento nos percursos para pessoas com deficiência visual, o que é uma exigência legal. Além disso, vários passeios já foram alargados nos cruzamentos onde estão sendo instalados semáforos.


Busca de Notícias