Alunos da rede municipal entram na luta contra o mosquito Aedes aegypti
Médica da Vigilância Epidemiológica faz palestra na Secretaria Municipal de Educação

Alunos da Escola Municipal José Moreira dos Santos durante a passeata

A Prefeitura de Barbacena vem trabalhando em diversas frentes no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. A Secretaria Municipal de Educação, Desporto e Cultura (Sedec) também está na luta contra o mosquito. Dando início a uma série de atividades que irão acontecer durante o ano letivo de 2016, que tem como objetivo alertar os barbacenenses para a necessidade do engajamento de todos no combate ao mosquito, escolas da rede municipal de ensino realizaram no último sábado (19), uma caminhada por diversas ruas nos bairros.

A caminhada contou com a participação de alunos, professores, diretoras e a comunidade das escolas José Moreira dos Santos, Embaixador Martim Francisco, Jovelino Jacinto Furtado, Professora Yayá Moreira, José Felipe Sad, Padre Sinfrônio de Castro, Inês Piacesi e José Benedito Câmpara.

A diretora da Escola Municipal José Moreira dos Santos, Marta Aparecida de Lima Tarcísio, falou do trabalho que vem sendo realizado na rede municipal. “Começamos já no primeiro dia de aula com um trabalho intenso contra a dengue e destacando que a mudança de atitude é o principal fator nesta luta contra o mosquito. Houve a participação da comunidade, dos alunos em todas as reuniões. Estamos desenvolvendo um projeto na escola e uma das principais ações junto à comunidade foi esta caminhada”.

O trabalho de combate ao mosquito Aedes Aegypti foi iniciado pela Sedec desde o começo do ano letivo. No último dia 8 de março, a Secretaria realizou reunião com as diretoras da rede municipal de ensino e as coordenadoras de creches para a apresentação do plano de ações que recebeu o nome de “Ação de educação e conscientização ao combate ao transmissor da dengue”.

A convite da secretária municipal de Educação, Rita Candian, a médica da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps), Madalena Mattos Orempuller, foi convidada a falar sobre os perigos da dengue, apresentar as estatísticas dos últimos anos e as ações previstas no Município. Na oportunidade, a médica falou da situação da dengue no Mundo, no Brasil, em Minas Gerais e principalmente em Barbacena. Ela apresentou o quadro clínico da doença, com números de casos notificados, confirmados e a incidência por semana de números de casos por bairros.

“A dengue não é uma doença banal, mas sua prevenção é bastante simples: 'Evitar água parada' e descoberta, exposta à ação dos insetos, dentre eles o Aedes aegypti”, disse Madalema Orempuller, completando que “vivemos uma situação epidemiológica complexa no País, com a Declaração de Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) declarado em 12 de novembro de 2015, com o aumento do número de casos de microcefalia em estados do nordeste; hoje na ordem de 6.480 casos. Aliada a essa situação temos a entrada no país da chikungunya desde 2014 e, por último, a dengue com o número bastante aumentado de casos em todo o País. Em Barbacena as notificações de casos suspeitos já ultrapassam os 550, com mais de 400 casos suspeitos, distribuídos por todos os bairros da cidade”, afirmou.


Busca de Notícias