Vacinação contra H1N1 é aberta oficialmente em Barbacena
Todas as UBS terão imunização contra a gripe

Renato Anacleto Pascoal diz fazer sua parte anualmente, para que tenha sempre, uma boa qualidade de vida

Com o slogan “Você não pode faltar”, a 18ª Campanha Nacional da Vacinação Contra a Gripe foi aberta oficialmente nesta segunda-feira (25) em Barbacena. A Campanha segue até o dia 20 de maio em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). A Prefeitura de Barbacena, através da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps), preparou um calendário especial para atender à comunidade em todas as regiões do Município.

O público-alvo da campanha em Barbacena conta 29.959 pessoas, sendo que a meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% desta população, considerada de risco para complicações por gripe. Além das crianças de seis meses até cinco anos, integram este grupo pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Segundo o prefeito Toninho Andrada, a meta da Prefeitura é vacinar o maior número de pessoas possíveis que fazem parte da população considerada de risco para complicações por gripe dentro do Município. 'Vamos atuar com muita eficiência para superar os índices esperados de pessoas a serem vacinadas, seja na área urbana quanto na rural. Determinei à Sesaps que estabeleça um cronograma de trabalho de forma a facilitar o acesso das pessoas à vacinação. Por isso mesmo, em todas as nossas UBS estaremos realizando a vacinação'. 

De acordo com o secretário municipal de Saúde Pública e Programas Sociais (Sesaps), José Orleans da Costa, “as pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Para esse grupo não há meta específica de vacinação, porém devem apresentar obrigatoriamente declaração médica comprobatória da condição, no ato da vacinação”.

Durante a abertura do período de vacinação em Barbacena, o deputado federal Bonifácio Andrada foi até a UBS fazer a imunização e falou sobre  a importância de estar em dia com a vacinação. “ A importância das pessoas procurarem a vacinação durante a Campanha se dá por este ser o período que antecede o inverno, estação mais propícia para a gripe, antecipando a criação de anticorpos, que ocorre entre duas e três semanas após a aplicação da dose. Assim, quando chegar o inverno, estarão protegidas”, revelou.

“A influenza é uma infecção viral que afeta o sistema respiratório, mais precisamente o nariz, garganta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta, por meio das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou de forma indireta, pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz”, completou a Coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Ana Lúcia Santos.

A Campanha tem o objetivo de reduzir a morbimortalidade e as internações causadas pela influenza. A vacinação contra a gripe está contra indicada para pessoas com história de alergia a ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer componente da vacina e para pessoas que apresentaram reações anafiláticas graves a doses anteriores. Para as crianças de seis meses a menores de três anos, que nunca foram vacinadas, a vacinação é feita em duas doses com intervalo de 30 dias.

Várias pessoas já compareceram às UBS para serem vacinadas. Entre elas os pais da pequena Ana Rita Vidal Kilson, de apenas 1 ano. “Estamos cuidando da saúde dela. Prefiro vê-la chorando para imunização do que ver doente”, afirmou a mãe da pequena, Beatriz Ramos Vidal Kilson.


Busca de Notícias