Tribunal de Justiça barra processo contra Prefeito


O Tribunal de Justiça do Estado acatou pedido de liminar no mandado de segurança impetrado pelo Prefeito Toninho Andrada para suspender o processo de impeachment aberto pela Câmara Municipal. A decisão foi exarada pela Desembargadora Sandra Fonseca, da 6ª. Câmara Cível, na tarde de quinta-feira, dia 2, e determinou “a suspensão dos trabalhos da Comissão Processante”.

Em recente entrevista à imprensa local, o Prefeito já havia reagido à atitude dos vereadores afirmando que o processo não passava de um “factoide político”. Disse que o processo havia sido aberto em desrespeito às normas legais e constitucionais e que a denúncia não tinha “base legal” e que não passava de um “panfleto eleitoreiro”.


Busca de Notícias