Iniciada a pintura de sinalização horizontal
Neste primeiro momento, o serviço priorizará as ruas e avenidas de chegada e saída da cidade e também do corredor central

As pinturas tiveram início na avenida Governador Bias Fortes, no sentido Terminal Rodoviário para o Pontilhão

Mais uma etapa do projeto de Mobilidade Urbano, que está sendo trabalhado pela Prefeitura de Barbacena, com orçamento de R$ 5 milhões, teve início na na tarde desta quinta-feira (7). A empresa Etros Engenharia Ltda, responsável pela execução das obras do projeto, começou o trabalho de pintura de faixas, ou seja, a sinalização horizontal, na avenida Governador Bias Fortes, no sentido Terminal Rodoviário para o Pontilhão. Neste primeiro momento, o serviço priorizará as ruas e avenidas de chegada e saída da cidade e também do corredor central.

O projeto de Mobilidade Urbana teve início em outubro do ano passado e faz parte de um trabalho de reformulação do trânsito, visando favorecer o deslocamento de pedestres e motoristas. Pela primeira vez na história, o Município trabalha na organização e modernização do setor.

'Mesmo diante da crise econômica nacional, a Prefeitura de Barbacena vem buscando superar as dificuldades para seguir trabalhando em prol da população. Estamos conseguindo driblar a crise e manter os nossos projetos em andamento, prova disto é este investimento que está sendo feito no projeto de mobilidade urbana, com aplicação de R$ 5 milhões, em favor do povo de Barbacena', destacou o prefeito Toninho Andrada.

E a população já mostrou que aprova o projeto de Mobilidade Urbana. Em pesquisa divulgada pelo Instituto UrbanData, no final do ano passado, 84,5% dos entrevistados classificaram a reformulação do trânsito como muito importante ou importante.

As obras do projeto também começaram pela avenida Governador Bias Fortes em outubro de 2015, mas já podem ser percebidas pela população em vários pontos da cidade. Na área central, foram instalados 30 mil metros de piso tátil, que tem como objetivo guiar o fluxo e orientar o direcionamento nos percursos para pessoas com deficiência visual, o que é uma exigência legal. Além disso, vários passeios foram alargados nos cruzamentos onde estão sendo instalados semáforos.  


Busca de Notícias