Saúde remodelada em Barbacena

O Pronto Atendimento do Hospital Regional é hoje o melhor do interior do Estado

A atual gestão do prefeito Toninho Andrada enfrentou e venceu vários desafios desde o início, em 2013. De cidade ficha suja, Barbacena resgatou a credibilidade junto aos governos Estadual e Federal e hoje está inserida no ranking das gestões mais eficientes do país, segundo ranking da Folha de São Paulo. O setor da saúde foi um dos mais impactados: de sucateado, ganhou novo fôlego e, atualmente, com todo o sistema remodelado, é capaz de realizar investimentos de impacto, com obras, trabalhos diferenciados e valorização profissional. As ações e serviços da saúde, cuja aplicação mínima, segundo a lei, é de 15%, em Barbacena, chegou a 16,85%, totalizando R$ 14,913 milhões somente no primeiro semestre de 2016. Além disso, a cidade tem sido beneficiada com uma série de emendas parlamentares, para fortalecer ainda mais o setor: neste mês, o Ministério da Saúde repassou verba de R$ 2 milhões, provenientes de emenda parlamentar apresentada pelo deputado federal Bonifácio Andrada.

O Pronto Atendimento (PA) do Hospital Regional é uma das grandes conquistas para o desenvolvimento da saúde no Município. Entregue à população em dezembro de 2014, já é o melhor do interior do Estado. Antes, mesmo considerado um serviço de urgência, os pacientes levavam em média até 6 horas para serem atendidos, com várias gestões tentando solucionar o problema e não conseguindo. Hoje, graças a ação da Prefeitura, em parceria com o Estado, a população, na hora que mais necessita de um atendimento rápido e eficiente, conta com uma saúde de qualidade, com excelente infraestrutura e com uma equipe de mais de 350 profissionais. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 8,5 milhões para o seu funcionamento.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps), também investiu e ainda investe nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Três novas foram entregues na atual gestão: Funcionários, Nova Suiça e Vilela. O trabalho não para por aí. A cidade vai ganhar mais cinco, nos bairros Santo Antônio, Monte Mário, Santa Luzia e nos distritos de Pinheiro Grosso e Torres. Além disso, outras seis estão sendo reformadas: Santa Efigênia, Santa Cecília, Carmo, Grogotó. Caic e no distrito de Correia de Almeida. A capacidade de atendimento mensal, em cada uma, é de 12 mil pessoas, contando com serviços essenciais de atenção à saúde.

Os hospitais de Barbacena também contam com a parceria da Prefeitura em diversos setores, para garantir uma rede ainda mais eficiente. No final de 2013, por exemplo, a Prefeitura ajudou o Hospital e Maternidade Isabel Cristina (Imaip) a reabrir as portas. Atualmente, Prefeitura e Imaip estão juntos no programa de atendimento à população através da Unidade de Cuidados Prolongados (UCP) e no projeto Hora do Trabalhador. Prefeitura e Santa Casa de Misericórdia de Barbacena (SCMB) trabalham juntas no serviço de urgência odontológica e no consultório odontológico para atender os casos de pacientes com necessidades especiais. A Santa Casa atende também as emergências e urgências pediátricas, obstétricas e ginecológicas. O Município firmou convênio também com o Hospital Ibiapaba e já liberou R$ 2,5 milhões para construção de um bunker – área física especial – para alojar um equipamento de radioterapia (com obras já iniciadas).


O atual governo criou ainda o Centro Ambulatorial Municipal Agostinho Paolucci - CAP (antigo Hospital Vilela), oferecendo atendimento especializado, equipamentos modernos e mais rapidez nas consultas e resultados. No último ano, a média de procedimentos mensais foi superior a 23 mil. Entre as especialidades atendidas no CAP, que abriga também o Laboratório Municipal, estão: reumatologia, psiquiatria, proctologia, dermatologia, gastroenterologia, endocrinologia, pneumologia, nefrologia, mastologia, angiologia, tisiologia, urologia, hematologia, otorrinolaringologia, cardiologia, neurologia, cirurgia geral com clínica médica, clínica geral, pediatria e ginecologia para atendimento específico em Cirurgia de Alta Frequência (CAF), com conização do colo do útero para pacientes com risco de contraírem câncer.

As entidades sociais da cidade também são amplamente beneficiadas na atual gestão, indo desde disponibilização de recursos financeiros, custeio de funcionários e doação de veículos. Em março, por exemplo, a Prefeitura anunciou a liberação de R$ 200 mil à Apae, após o Governo do Estado cortar o convênio com a instituição. Mas, ao longo da atual gestão, várias entidades têm recebido aporte financeiro do Município, através dos Fundos de Assistência Social Federal e Estadual e do próprio Tesouro Municipal. Somente em 2014, este repasse chegou a R$ 3,7 milhões. Em 2015, foi de R$ 318 mil. A Prefeitura, ainda em 2015, beneficiou com a doação de um carro zero km, modelo Up, oito instituições.

A atual gestão também implantou programas inovadores. Barbacena foi uma das primeiras cidades do Estado a receber o Melhor em Casa, programa de atenção domiciliar, com propósito de atender, no lar, pessoas com necessidade de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos ou que estejam em situação pós-cirúrgica. O programa conta com mais de 300 cadastrados e faz, em média, 50 atendimentos por mês. Outro programa é o Consultório na Rua, que atende a população em situação de rua, migrantes e pessoas com foco no enfrentamento ao álcool e drogas em Barbacena. O programa tem mais de 100 cadastrados.

A Prefeitura de Barbacena ainda proporciona à população dois serviços com o conforto do atendimento no próprio Município, como mutirões de cardiologia no Centro Ambulatorial Dr. Agostinho Paolucci - CAP (Antigo Hospital Escola), no bairro Vilela, em um trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais (Sesaps), em parceria com a Faculdade de Medicina (Fame). A Prefeitura promove também a realização de mutirões de cataratas, que acontecem através de parceria da Secretaria de Saúde com o Hospital e Maternidade Isabel Cristina (Imaip).

Bem-estar, qualidade de vida e promoção à saúde através da atividade física também são preocupações do Município. A gestão do prefeito Toninho Andrada deu um grande passo neste sentido, com o maior investimento já realizado no setor. Logo em 2013, a Prefeitura instalou uma Academia ao Ar Livre na Rua Bahia. Já em 2015, a cidade ganhou mais cinco nos bairros Boa Vista, Campo, Vilela, Santo Antônio e no distrito de Correia de Almeida. E agora, em 2016, mais 13 já foram ou estão sendo instaladas. Neste caso, são Academias da Saúde, integradas às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e aos Núcleos de Assistência à Saúde da Família (Nasf) dos locais. Já foram entregues dois pólos à população: no João Paulo II e no bairro Funcionários. No momento, a base está sendo construída no bairro São Francisco e, em breve, os bairros do Carmo e Nove de Março também vão passar receber os serviços de preparação para a instalação de suas academias. Outros 8 locais já tiveram as obras da base de fixação dos aparelhos concluídas: Santa Efigênia, Pinheiro Grosso, Santa Luzia, Grogotó, Correia de Almeida, Colônia Rodrigo Silva, Santo Antônio Monte Mário.

A Prefeitura também trabalha para a promoção à saúde através de iniciativas que garantam a visibilidade de temas importantes, com participação direta da população. A atual administração ampliou as ações sociais, que alcançam todas as camadas, promovendo serviços que fortalecem o objetivo principal: conscientizar. Passeatas, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, orientações preventivas, atividades de lazer, palestras, blitz educativa, além de tantas outras, são atividades presentes em campanhas como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, por exemplo. Em 2016, as ações de combate ao Aedes aegypti são destaque, com uma mobilização intensa para abranger todo o Município.

A atual gestão deixa ainda um legado no setor de transportes da saúde, beneficiando milhares de usuários do Município. Por mês, mais de 2700 pessoas são transportadas de suas casas, unidades de saúde, clínicas e hospitais para outras cidades da região e até mesmo para outros estados, para que possam realizar procedimentos, exames e consultas especializadas. Além disso, diversos programas são atendidos, como Melhor em Casa, Órtese Prótese, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, com veículos abertos para fumacê, Estratégia da Saúde da Família, entre outros. A frota é composta por mais de 40, adaptados para as funções designadas; mais de um terço deles foram adquiridos na atual gestão. A última aquisição foi em agosto, com quatro ambulâncias e duas vans. E, recentemente, a administração municipal deu inicío às obras de reforma e adequação de um espaço físico para o setor de transportes da Sesaps, em terreno do próprio Município, possibilitando uma economia considerável de recursos para que sejam investidos em projetos no futuro.


Busca de Notícias