Escola Municipal desenvolve projeto Grandes Poetas
Vinícius de Moraes foi homenageado do mês de abril


O projeto Grandes Poetas, desenvolvido pela Escola Municipal Jovelino Jacinto Furtado, no distrito do Faria, faz apresentações mensais de autores que se destacaram na Literatura Brasileira. E, neste mês, o homegeado foi Vinícius de Moraes. Aproveitando as comemorações pela passagem da Páscoa, parte do projeto foi encerrada no dia 12 de abril, em momento festivo, com bolo de chocolate e entrega de ovos de páscoa. Em maio, o homenageado será José Paulo Paes.

“Vinícius de Moraes, com suas escritas e histórias, encantou a gente e, principalmente, nossas crianças, que brilharam na apresentação de músicas e poemas. E, neste mês, na apresentação do projeto, tivemos também o grande prazer de receber a coordenadora do Parque Museu Casa de Marcier, Deliane Dani Lebourg, e também uma equipe da Saúde, que nos propocionou momentos alegres e de grande aprendizagem”, destacou a diretora Cintia Costa Tauvanes.

A importância e os benefícios do projeto Grandes Poetas foram destacados pela supervisora Joanina Garcia: “Este projeto ajuda na alfabetização e na concretização dos direitos de aprendizagem, principalmente a oralidade”.

Vinícius de Moraes - O poeta, compositor, jornalista, dramaturgo e diplomata Vinícius de Moraes nasceu no dia 19 de outubro de 1913 e faleceu no dia 09 de julho de 1980, na cidade do Rio de Janeiro. Foi um dos representantes da poesia da segunda fase do modernismo, importante escola da literatura brasileira, ao lado de nomes como Cecília Meireles, Mario Quintana e Carlos Drummond de Andrade. Ele costumava dizer que a poesia era sua primeira e maior vocação, embora tenha exercido diversas funções ao longo de sua vida. Na música, compôs ao lado de nomes como Tom Jobim, Toquinho, João Gilberto e Chico Buarque. Vinicius também ficou conhecido por seus poemas infantis: os poemas da obra “A Arca de Noé” viraram disco totalmente voltado para crianças. O poeta escrevia para seus filhos, Suzana e Pedro de Moraes, suas grandes inspirações.

José Paulo Paes - O poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta brasileiro José Paulo Paes nasceu em Taquaritinga, no dia 22 de julho de 1926, e morreu em 9 de outubro de 1998, em São Paulo). Por volta de 1963, Zé Paulo dá início a um trabalho editorial intenso à frente da Editora Cultrix. Na companhia de Massaud Moisés foi organizador do Pequeno Dicionário de Literatura Brasileira, publicado pela Cultrix em 1967. Em 1981, aposenta-se como editor, dando início a um dos mais competentes trabalhos de tradução entre os escritores brasileiros, verteu para o português autores de diversas línguas. Em 1986 vem a público o livro “Um por todos”, reunião de seu trabalho até então, apresentado pelo crítico Alfredo Bosi. Vem ainda da década de 1980 seu interesse pela poesia infantil, com a qual alcançou grande êxito entre as crianças.Ao falecer em 1998, deixou inédito o livro 'Socráticas' que veio a público em 2001.


Busca de Notícias