Trabalho do canil coloca a Guarda Municipal mais perto da população
Além da segurança, cães fazem apresentação em escolas e instituições filantrópicas


Um serviço que visa proteção, mas com objetivo também de tornar mais próxima a relação entre os guardas municipais e a população. Assim pode ser definido o trabalho do Grupamento Especial de Cães da Guarda Municipal de Barbacena. O canil da Guarda tem a missão ostensiva, com patrulhamento, abordagem e apoio a outras instituições de segurança, mas desenvolve também a parte social, onde os cães, juntamente com os guardas, visitam instituições filantrópicas e escolas para a realização de apresentações.

O canil da Guarda conta com cinco animais, sendo um pastor alemão de faro, uma border collie de apresentação e outros três pastores alemães de proteção e abordagem. Neste mês de maio, o Grupamento Especial de Cães, juntamente com o programa Ronda Escolar, fez apresentações na Creche do bairro Santa Luzia, no Lar de Idosos Frederico Ozanan e também no Colégio Passionista Santa Luzia (Nova Cidade).

As apresentações do canil fazem cada vez mais sucesso. “Os cães são proteção dos guardas e da população. A gente percebe nas apresentações que, inicialmente, gera uma apreensão, mas logo depois quebra a barreira. As pessoas pensam que os cães de polícia são utilizados somente para repressão, mas apresentações nas instituições filantrópicas e nas escolas mostram que eles podem muito mais. Esta é uma forma também de aproximar ainda mais a Guarda à sociedade”, explica o adestrador de cães, o guarda municipal Otaviano.


Busca de Notícias