História da passagem da Chama Olímpica por Barbacena

“O caminho da Tocha”, do professor Barão, foi doado para todas as escolas do município, no projeto realizado em parceria com a Prefeitura

“O caminho da Tocha”, do professor Barão, foi doado para todas as escolas do município, no projeto realizado em parceria com a Prefeitura

Um ano após a passagem da Tocha Olímpica em Barbacena, o evento ainda rende frutos à cidade. Nesta segunda-feira (15), foi realizada a entrega do livro “O caminho da Tocha”, do professor José Luiz Miranda Magalhães Filho, o Barão, a todas as escolas do município, durante evento no teatro da Escola Estadual Professor Soares Ferreira. O projeto do livro contou com apoio da Superintendência de Ensino do Estado e da Prefeitura de Barbacena, através da Secretaria Municipal de Educação, Desporto de Cultura (Sedec).

O evento foi prestigiado pela vice-prefeita Angela Kilson; o secretário municipal de Educação, Luiz Carlos Rocha de Paula; a diretora da SRE de Barbacena, Maria Thereza Antunes Fortes de Menezes Frois; o presidente da Câmara de Vereadores, Odair Ferreira; além de vários diretores e alunos de escolas das redes municipal e estadual. O professor Júlio Tadeu Antunes Valério ministrou palestra durante o evento sobre resgate aos valores Olímpicos e Paralímpicos.

O professor Barão foi um dos condutores da Tocha Olímpica durante a passagem da Chama por Barbacena. Ele contou a história do projeto: “A ideia do livro surgiu quando eu estava fazendo um release para um jornal sobre a passagem da Tocha pela cidade. De repente, eram tantas páginas escritas que não serviam mais para ser publicadas como uma matéria de jornal. Desta forma, o trabalho acabou resultando no livro O caminho da Tocha”.

Enquanto contava todos os passos até chegar o grande dia, de poder carregar a Chama Olímpica, inclusive com a história registrada toda em slide, não faltando nem os e-mails, professor Barão, em alguns momentos com a voz embargada, também aproveitou para agradecer a todos que o apoiaram na realização do sonho. Lembrou cada detalhe, inclusive de sua primeira indicação para ser condutor da Tocha, que foi feita por Giovana Souza. A segunda, ele preferiu nem ler o texto, desde o início da fala já tinha dito que chorava com facilidade diante de grande emoção, pois foi feita pela filha Bárbara Magalhães.

O secretário de Educação Luiz Carlos Rocha de Paula parabenizou e agradeceu ao professor Barão pela obra, em seu nome e do prefeito Luis Álvaro: “Somos pequenos diante de Deus, mas podemos ser grandes diante dos homens. E isso é através de nossas ações, do nosso trabalho. O professor Barão é exemplo de um grande homem, com serviço relevante prestado a Barbacena, por isso teve o privilégio de carregar a Tocha Olímpica e agora ainda escreve um livro. Parabéns e obrigado, é o que posso dizer”.