Sutram, PM e DER fiscalizam transporte clandestino
Blitzes são constantes em vários pontos de Barbacena


Com o objetivo de combater o transporte clandestino e verificar possíveis irregularidades nos veículos que trafegam pelas ruas de Barbacena, a Subsecretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana (Sutram), Polícia Militar e o DER-MG estão realizando conjuntamente várias blitzes pela cidade. A medida visa também dar mais segurança à população e motoristas, coibindo possíveis irregularidades cometidas.

Durante as blitzes, os agentes realizam a abordagem, verficam a documentação e fazem um relatório sobre o ocorrido, aplicando a multa caso haja irregularidades. Outros itens também são fiscalizados, como a utilização do cinto de segurança e o uso de celular ao volante. No mês de junho, Sutram, PM e DER realizaram várias blitzes. Segundo informações, outras serão efetuadas, de forma constante, em Barbacena.

Divulgação virtual - Os órgãos de segurança vêm chamando a atenção, durante as operações, para uma prática considerada crime e que se tornou comum em grupos do aplicativo WhatsApp: avisar sobre pontos de blitz. Alertar sobre pontos de fiscalização é crime previsto no Código Penal, no artigo 265, sendo considerado atentado à segurança pública, e existe punição, com previsão de um a cinco anos de prisão e multa para o acusado. O condutor pode ainda perder quatro pontos na carteira de habilitação.

No entendimento de alguns especialistas em segurança, “é importante destacar que, quando a pessoa informa o ponto de blitz, não está só informando às pessoas de bem, mas pode estar avisando alguém que está portando uma arma ilegal, drogas, enfim, um criminoso”.


Busca de Notícias