Município vai implantar Sala Mineira do Empreendedor
Iniciativa visa fortalecer os negócios locais

Iniciativa visa fortalecer os negócios locais
Na foto: o secretário Aderbal Calmeto, os contadores Carlos Eduardo e Jéssica Cristina, a delegada Wilma Cardoso e a coordenadora Natália Viol

O Município de Barbacena, visando fortalecer os negócios locais, vai implantar, até o final de 2017, a Sala Mineira do Empreendedor. O Secretário Municipal de Planejamento e Gestão, Aderbal Neves Calmeto, e a coordenadora da iniciativa, Natália Viol, reuniram-se, na manhã desta quinta-feira (24), com a delegada local do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-MG), Wilma Cardoso, para apresentar as atividades que serão implementadas e convidar o órgão para unir-se à parceria ousada e inovadora, idealizada pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), Sebrae MG e abraçada desde o lançamento pela administração municipal.

Diversos serviços serão oferecidos aos empreendedores com a completa implantação da Sala Mineira: consulta de viabilidade; protocolo do licenciamento municipal do MEI, ME, EPP e demais empresas; emissão das guias de recolhimentos das taxas municipais para processo de formalização, alteração e baixa; formalização e emissão do Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI); elaboração e envio da Declaração Nacional do Simples Nacional (DASN SIMEI); entrega do CNPJ, Inscrição Estadual, Inscrição Municipal, Alvará de Localização e Funcionamento e demais documentos de licenciamento.

"Com tudo isso, espera-se uma melhora significativa no ambiente de negócios, facilitando o surgimento, aumentando a competitividade e promovendo o desenvolvimento sustentável dos empreendedores em Barbacena", destaca o secretário Municipal de Planejamento e Gestão, Aderbal Neves Calmeto.

A delegada do CRC-MG, Wilma Cardoso, se mostrou entusiasmada com as perspectivas apresentadas pelo secretário municipal e pela coordenadora da sala, e se comprometeu a levar a proposta ao presidente do CRC-MG já na próxima semana, a fim de que o órgão seja um dos primeiros parceiros do projeto. Segundo ela, "a classe dos contabilistas será uma das mais beneficiadas com a implantação".


Busca de Notícias